AvaliaçõesHondaNotíciasTestes
Tendência

Avaliação – Honda HR-V 1.5 Turbo Touring CVT 2024

Preservando o porte de seu antecessor, o New HR-V exibe um estilo inovador

Fotos Marcus Lauria

Desde seu lançamento virtual em 2 de agosto de 2022, essa é a primeira vez que consigo andar no HR-V de segunda geração. Antes eu só vi e entrei nele em uma concessionária para conhecer melhor na época. Mesmo depois de tanto tempo depois do lançamento pude perceber o que melhorou no SUV da marca japonesa. Aproveito e peço que você acompanhe comigo essa evolução que vou descrever aqui no texto abaixo.

CONFIRA O VÍDEO: https://youtu.be/Pmq_tiVHJgg?si=1cwbR9ulS9TzcRkK

Quase que totalmente renovado, o novo HR-V criou uma polêmica entre os consumidores do modelo em relação ao design, uns amaram e outros nem tanto, mas a maioria apreciou a nova carroceria e interior. Eu particularmente gostei bastante, principalmente a parte traseira com as lanternas de LED unificadas, o interior então, ficou muito mais aconchegante e espaçoso. O New HR-V é fabricado na planta de Itirapina (SP), uma das mais modernas fábricas da Honda.

Sob o conceito ‘Amp up your life’ — Amplifique sua vida –, os engenheiros da Honda estabeleceram um tripé de características básicas para o New HR-V: prazer, estilo e confiabilidade se combinam para potencializar o lifestyle de seus clientes, tornando este SUV o parceiro ideal para suas vidas.

Preservando o porte de seu antecessor, o New HR-V exibe um estilo mais atual. A linha de ombros elevada da carroceria une a parte frontal, à traseira, de curvatura acentuada. A dianteira é fator de diferenciação entre as versões do New HR-V. Nos modelos Advance e Touring, a grade é composta por múltiplos elementos que parecem flutuar, ressaltando um caráter mais esportivo e robusto. Outro elemento de diferenciação está nos faróis full LED (de série em todas as versões), que no New HR-V Touring possui acabamento cromado na moldura interna do bloco do facho alto.

Na traseira, todas as versões têm lanternas fumê com LED nas luzes de posição e freio. Elas são unidas por uma barra horizontal de LED que também cumpre a função de luz de posição e, exclusivamente na Touring, tem acabamento fumê. Abaixo deste detalhe estão a maçaneta da tampa do porta-malas, luzes de placa e câmera de ré. O resultado é uma superfície de estilo limpo, que enfatiza a linha de ombros alta das laterais. A tampa traseira oferece uma abertura alta e ampla, com linha inferior baixa para facilitar a colocação e retirada de objetos no compartimento de bagagem. Além de antena tipo tubarão, espelhos retrovisores na cor do veículo com indicadores em LED e rebatimento elétrico automático, conjunto óptico com DRL em LED e rodas de liga leve polidas de 17 polegadas com pneus 215/60 R17.

Outro detalhe do New HR-V é o capô plano, que favorece a visibilidade à frente, além de retratar o comportamento dinâmico. O deslocamento dos retrovisores externos para as portas — antes eram fixados junto à base das colunas A — também contribui para a melhora da visibilidade. A visibilidade foi aprimorada, com a elevação do ponto de visão do motorista em 10 mm, na comparação com a geração anterior.

O painel de instrumentos e a tela da central multimídia touchscreen de 8 polegadas foram posicionados de maneira a exigir um desvio mínimo do olhar, permitindo ao motorista concentrar seu foco na via. Assim, todas as informações relativas ao funcionamento do veículo, navegação e demais sistemas podem ser visualizadas sem risco para a segurança. O posicionamento da alavanca do câmbio e demais controles relativos à condução também foram pensados para evitar que o motorista altere sua postura ao volante ou tenha que desviar o olhar para acionar qualquer dispositivo.

Na cabine, materiais de boa qualidade, com acabamento e montagem precisos, e revestimentos agradáveis ao tato. Os bancos são dotados do Sistema de Estabilização Corporal, uma tecnologia antifadiga que garante viagens com máximo conforto, uma vez que melhora o suporte do corpo, evitando o esforço constante para a retomada do posicionamento ideal.

O SUV japonês oferece maior conforto para seus passageiros. O espaço longitudinal para as pernas dos ocupantes do banco traseiro cresceu 35 mm, mesmo ganho notado no espaço para os pés. Adicionalmente, o encosto ganhou dois graus adicionais de reclinação. O consagrado Magic Seat, sistema exclusivo de modularidade dos bancos, está presente no New HR-V com três modos de utilização (Utility, Long e Tall), que permite a acomodação de objetos das mais amplas dimensões e volumes.

O sistema de ar-condicionado digital traz um novo tipo de difusores, que permitem aos ocupantes escolher entre o fluxo normal de ar e um fluxo disperso, que cria uma cortina de ar fresco entre vidros laterais e teto sem atingir diretamente o corpo, além de minimizar o calor transferido ao interior do veículo pelas superfícies envidraçadas. Em dias frios, a seleção de aeração mais difusa também atua como uma espécie de isolante térmico com relação à superfície resfriada dos vidros. Outra evolução na climatização do New HR-V é a presença do difusor duplo no console central que atende os passageiros do banco traseiro.

Outra novidade que traz mais praticidade e conforto ao modelo é a abertura do porta-malas sem o uso das mãos, disponível na versão Touring que avaliei. Basta simular um chute sob um dos sensores de movimento abaixo do para-choque traseiro para que a tampa abra automaticamente. Além disso, o porta-malas também tem a função Walk Away Close, inédita na Honda, que permite a operação sem o uso das mãos também na hora de retirar objetos grandes ou pesados. Antes de pegar a carga, o usuário aperta um botão na moldura inferior da tampa. Após ele retirar o objeto e se afastar do veículo, a tampa do porta-malas se fecha automaticamente. Ambas as funções só funcionam se o usuário estiver levando a chave consigo.

Nas versões Advance e Touring, o New HR-V traz um motor de quatro-cilindros em linha 1.5 DI VTEC TURBO Flex. Assim como o motor 1.5 DI i-VTEC Flex, ele é totalmente de alumínio e conta com injeção direta de combustível. Seu sistema VTEC varia a amplitude e duração da abertura das válvulas de exaustão. Há ainda o VTC para avançar ou retardar a sincronização dos comandos de admissão e escape.

Ele apresenta potência máxima de 177 cavalos a 6.600 rpm, tanto com etanol como gasolina, e o torque máximo de 24,5 kgfm de 1.750 a 4.500 rpm (etanol ou gasolina). De acordo com o Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), o New HR-V Advance e Touring têm consumo na cidade de 7,9/11,3 km/l (etanol/gasolina) e, na estrada, de 8,8/12,6 km/l.

Em conjunto está o já conhecido câmbio CVT, de relação continuamente variável que oferece simulação de sete marchas por meio dos paddle shifts no volante (equipamento exclusivo das versões EXL Advance e Touring). Os sistemas Step shift e EDDB (Early Down-shift During Braking), ambos disponíveis em todas as versões, contribuem para que a experiência de condução seja adequada independentemente do tipo de percurso.

O Step shift é voltado para a condução esportiva ou condições nas quais é exigida a performance máxima do motor. Quando o acelerador é levado ao fundo (kick-down), a central de gerenciamento eletrônico do CVT coordena as trocas nos pontos fixos das marchas, acentuando a sensação da mudança. O EDDB atua em desacelerações, quando, baseado em inputs de freio e de aceleração longitudinal, o câmbio reduz uma ou mais marchas, mantendo a rotação adequada a cada situação (topográfica e de condução). Na prática, isso se traduz em descidas de serra com auxílio de freio-motor, além de retomadas, frenagens e contornos de curva com dirigibilidade refinada. As reduções automáticas proporcionadas pelo EDDB também contribuem para os excelentes níveis de consumo do New HR-V.

Segurança é um dos pilares da Honda. O modelo traz o Honda SENSING de série em todas as suas versões. O Honda SENSING é um pacote de tecnologias de segurança e assistência ao motorista que se baseia em imagens captadas por uma câmera de longo alcance e de visão grande angular (cerca de 100º) e de um microprocessador de imagem de alta capacidade. Ele oferece as seguintes funções no New HR-V: ACC — Controle de cruzeiro adaptativo — Auxilia o motorista a manter uma distância segura em relação ao veículo detectado à sua frente. Ele conta com o Low Speed Follow, que permite a manutenção da distância do veículo à frente mesmo em baixas velocidades; CMBS — Sistema de frenagem para mitigação de colisão — Aciona o freio ao detectar uma possível colisão frontal, com o objetivo de mitigar acidentes. Ele é capaz de detectar e identificar pedestres e veículos que estejam no mesmo sentido ou no sentido oposto. Bicicletas e motocicletas também podem ser detectadas pela câmera; LKAS — Sistema de assistência de permanência em faixa — Detecta as faixas de rodagem e ajusta a direção com o objetivo de auxiliar o motorista a manter o veículo centralizado nas linhas de marcação; RDM — Sistema para mitigação de evasão de pista — Detecta a saída da pista e ajusta a direção com o objetivo de evitar acidentes e o AHB — Ajuste automático de farol — Comutação noturna automática dos fachos baixo e alto dos faróis de acordo com a situação.

Além do Honda SENSING, todas as versões do New HR-V possuem diversos dispositivos de segurança, dentre os quais se destacam: seis airbags (frontais, laterais e do tipo cortina), assistente de estabilidade e tração (VSA), LaneWatch (assistente para redução de ponto cego por câmera no espelho retrovisor do lado do passageiro), assistente de partida em rampa (HSA), sistema de acionamento de luzes de emergência em frenagens severas (ESS), sistema Isofix (fixação de assentos infantis), alerta de baixa pressão dos pneus (TPMS), câmera de ré multivisão e sensores de estacionamento.

Outra novidade no New HR-V é o controle de descidas em rampas (HDC), que atua em superfícies de baixa aderência e mantém automaticamente a velocidade, permitindo ao motorista se concentrar exclusivamente no controle da direção, sendo desnecessário atuar nos pedais de freio ou acelerador. O HDC funciona entre 3 e 20 km/h e também é item de série em todas as versões.

Um importante destaque do New HR-V é a introdução do myHonda Connect. Disponível nas versões Advance e Touring, a inédita plataforma de conectividade da marca reúne informação, segurança e controle do veículo de um jeito prático e fácil, conectando o motorista ao seu carro, via aplicativo no smartphone. O myHonda Connect oferece um menu completo de serviços na palma da mão do cliente. Alguns deles são: consultar status do veículo, acionar controles remotos — como dar a partida no motor, ligar o ar-condicionado para climatização da cabine à distância, travar e destravar as portas –, saber a localização do carro, verificar o status de pressão dos pneus, delimitar uma cerca geográfica virtual dentro da qual o seu New HR-V pode circular, bem como receber alertas, fazer agendamentos de revisões, entre muitas outras funcionalidades.

Estarão disponíveis dois pacotes do myHonda Connect. O primeiro é totalmente gratuito, basta baixar o aplicativo e se cadastrar para ter acesso a maior parte dos serviços. Já o pacote Plus será pago e dará acesso a todas as funcionalidades. Mas, inicialmente, os clientes poderão usufruir de um ano de degustação do pacote Plus. A garantia do Honda New HR-V é de 3 anos, sem limite de quilometragem.

Mesmo com diversas altas de preço, o HRV 2024 chega ao mercado brasileiro para manter seus bons resultados recentes no segmento, onde ele briga pela 5ª posição com Jeep Renegade e VW Nivus. O modelo atual continua com quatro versões, sendo duas com o motor 1.5 aspirado e as outras com a versão turbinada desse propulsor. Além disso, o pacote de equipamentos é bem recheado desde a opção mais barata. Veja as versões disponíveis:  HRV 2024 EX 1.5 CVT (R$ 151.200); HRV 2024 EXL 1.5 CVT (R$ 160.400); HRV 2024 Advance 1.5 Turbo CVT (R$ 186.600) e HRV 2024 Touring 1.5 Turbo CVT (R$ 195.800).

Atualmente estão disponíveis as seguintes cores: Branco Tafetá (sólida, sem custo adicional); Prata Platinum, Azul Cósmico e Cinza Basalto (metálicas, R$ 2.000); Preto Cristal, Cinza Grafeno e Vermelho Mercúrio (perolizadas, R$ 2.000); Branco Topázio (perolizada especial, R$ 2.300).

*FICHA TÉCNICA:

Mecânica

Motorização 1.5

Combustível             Álcool            Gasolina

Potência (cv)            173

Torque (kgf.m)         22,3

Consumo cidade (km/l)      11,8

Consumo estrada (km/l)    14,4

Câmbio          CVT com modo manual

Tração           dianteira

Direção          elétrica

Suspensão dianteira          Suspensão tipo McPherson, roda tipo independente e molas helicoidal.

Suspensão traseira            Suspensão tipo eixo de torção, roda tipo semi-independente e molas helicoidal.

Dimensões

Altura (mm)   1.605

Largura (mm)           1.790

Comprimento (mm)             4.346

Peso (Kg)      1.279

Tanque (L)    51

Entre-eixos (mm)     2.610

Porta-Malas (L)        437

Ocupantes    5

*Dados do fabricante

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo