AvaliaçõesJACNotícias
Tendência

Avaliação – GWM Haval H6 1.5T PHEV Premium DHT AWD 2024

Primeiro lançamento da GWM no Brasil, o Haval a nova versão criada especialmente para o mercado brasileiro é também uma novidade mundial.

Fotos Marcus Lauria

Apresentado pela primeira vez em 2011, o Haval H6 está hoje na sua terceira geração, que tem conquistado o público não apenas por seu nível de tecnologia e design, mas também pelo farto espaço interno, entre outros atributos. Com 4.683 mm de comprimento, 1.886 mm de largura, 1.730 de altura e 2.738 mm de distância entre os eixos, o modelo tem porte e espaço muito acima dos SUVs médios vendidos no mercado brasileiro, fato esse que chama a atenção no segmento.

CONFIRA O VÍDEO: https://youtu.be/aJqJHocVt2M?si=wIEgmhy6IVVUHnzr

No Brasil o SUV foi revelado no Rio de Janeiro para um grupo seleto de concessionários e convidados, onde foi anunciado que o nosso País seria o primeiro do mundo a comercializar o híbrido plug-in Haval H6. O Haval H6 Phev avaliado pelo site tem tecnologia e-Traction composta por um motor a combustão 1.5 turbo e dois motores elétricos (um em cada eixo) e bateria de 34 kWh. Esse conjunto de motorização e bateria representa uma revolução no mercado brasileiro porque combina o melhor de dois mundos: máxima eficiência energética com alta performance, fato comprovado durante a semana de testes.

Desse modo, o novo H6 oferece a melhor autonomia elétrica de um híbrido no Brasil, com 170 km no ciclo NBR. Isso garante ao proprietário do SUV uma real experiência de carro elétrico, pois cobre 80% do uso diário dos motoristas médios brasileiros. O valor é equivalente a 184 km no ciclo NEDC, um dos mais usados na comparação de modelos híbridos no mercado nacional.

Devido a essa configuração de powertrain, o H6 conta sempre com tração permanente All Wheel Drive, na qual a tração é distribuída eletronicamente para cada eixo em função da exigência de torque e do nível de aderência das rodas. Assim, pode variar de 100% do torque no eixo dianteiro a 100% traseiro, passando por qualquer proporção que o sistema e-Traction avaliar necessário para garantir a melhor aderência, tanto em condições de asfalto molhado quanto em percursos fora de estrada.

Como a utilização de tecnologia híbrida sugere um menor índice de poluição, o Haval possui um dos menores de sua categoria. Seu índice de CO2 é de 10 g/km, cerca de 10 vezes menos que alguns SUVs médios, que variam entre 50 a 151 g/km. Já o seu consumo é de 28,7 km/l no ciclo urbano e 25,3 no ciclo rodoviário, no padrão NBR. Para rodar 100 km com o SUV híbrido da GWM, o proprietário gastaria R$ 17,40. Os SUVs da mesma categoria gastariam de R$ 30 a R$ 70 para percorrer a mesma distância.

Além da motorização com tecnologia e-Torque, também é único no Haval H6 seu visual desenvolvido exclusivamente para o mercado local. O Brasil estreou o novo logotipo global “Haval”, que recebeu um novo grafismo e está mais compacto. Também é exclusivo da versão brasileira o pacote de acabamentos externos em piano black formado pelas molduras das janelas, racks no teto, spoiler traseiro e frisos decorativos.

Até as rodas de liga leve de 19 polegadas diamantadas e com fundo black piano, são exclusivas do mercado brasileiro, pois não são oferecidas em nenhum outro Haval H6 do mundo. A escolha do seu visual seguiu preferências do consumidor manifestadas em pesquisas realizadas no Brasil.

O desenvolvimento da versão brasileira do H6 também incluiu suspensão, direção e sistema de conectividade. A suspensão foi retrabalhada para suportar as condições das estradas brasileiras e se adequar aos hábitos e preferências dos motoristas locais. O sistema de direção recebeu ajustes no nível de maciez da assistência elétrica e na relação de giro do volante, para tornar suas respostas mais rápidas e diretas.

A nacionalização do projeto incluiu ainda reprogramação de recursos de condução ativa e modificações no sistema de conectividade, que será 100% em português, inclusive nos comandos por voz. A central multimídia do H6 traz ainda um display TFT Full HD de 12,3 polegadas com tratamento antirreflexo e conexão com Apple CarPlay e Android Auto sem fio.

O SUV chega ao mercado em versão única de equipamentos, com o mais elevado nível de condução semiautônoma disponível no seu segmento. O único opcional será o teto solar panorâmico com acionamento elétrico, para se adequar às preferências dos clientes que preferem fazer a blindagem de modelos sem esse tipo de equipamento.

O Haval H6 será equipado sempre com o mesmo pacote tecnológico, que trabalha em conjunto com as 5 câmeras e 14 radares distribuídos ao redor do veículo, oferecendo acesso a todos os recursos de direção ativa listados: Piloto automático adaptativo (ACC) com função Stop & Go, Frenagem automática de emergência, Frenagem automática de emergência em cruzamentos;  Frenagem automática de emergência para pedestres, bicicletas e motos, Alerta de tráfego cruzado traseiro;  Frenagem automática de tráfego cruzado traseiro,  Monitoramento de pontos cegos; Detector de tráfego cruzado traseiro, Assistente de permanência de faixa,  Centralização de permanência de faixa; Desvio Inteligente ou Smart Dodge (exclusividade GWM), Smart Cornering (exclusividade GWM); Alerta de colisão traseira; Alerta de perigo de abertura de portas; Auto Reversing Assistance;;Reconhecimento de placas de trânsito e Parking Assist para vagas paralelas e em 90°, com controle automático de direção, freio e acelerador.

O nível de equipamentos do Haval H6 vai incluir ainda outros itens de tecnologia, segurança e conforto, como update de software pela nuvem (Over The Air), comando do veículo pelo celular, ar-condicionado de duas zonas, bancos dianteiros elétricos com ventilação, seis airbags, tampa traseira com abertura elétrica com sensor de presença, head up display de alta definição, cinco entradas USB, carregador de celular por indução (wireless) de 15 W e freio de estacionamento eletrônico com Auto Hold.

Minha experiência à bordo do H6 Phev foi bem interessante, a convivência com o SUV híbrido foi das melhores. Realmente o SUV surpreende em vários aspectos e vi poucos “defeitos” durante esse teste, coisas corriqueiras que não são tão importantes no dia a dia. Começando pelo pela dirigibilidade do H6 que é muito boa. A posição de dirigir é facilmente encontrada com as regulagens de banco e retrovisores elétricos e volante, após tudo acertado basta ligar o carro com a chave presencial através de um botão ao lado do volante.

Carro ligado, silêncio total, pois ele já entra em modo elétrico e vai assim até completar 170 km, após esse período que entra o motor a combustão, que também é bem silencioso e quase imperceptível a sua mudança. O que muda mesmo é a autonomia após essa transição, que dos 800 km disponíveis cai para 300km dependendo de como você pisa no acelerador.

Por dentro o acabamento é impecável, digno de carros mais luxuosos, couro para todo lado e plástico softtouch no restante das áreas sem couro. O volante tem ótima empunhadura e o tamanho ideal para dirigir com tranquilidade. As acelerações são o maior destaque do H6 Phev, afinal são 393 cv e 77,7 kgfm de torque distribuídos em 1.720 kg da carroceria. As ultrapassagens e retomadas são feitas imediatamente após colocar o pé bem fundo no acelerador, mostrando até uma certa esportividade para um SUV bem animado. Para quem quer espaço, conforto, muita tecnologia e diversão ao volante eu recomendo conhecer melhor o Haval H6 Phev em uma concessionária.

Quero deixar aqui meus agradecimentos para a GWM Brasil que em parceria com a GWM Américas (única concessionária da marca no Rio de Janeiro) nos cedeu o modelo Haval H6 Phev para uma semana de testes. A concessionária fica localizada na Av. das Américas, 3.693 – loja 102 – Barra da Tijuca, telefone (21) 3613-3033, site https://www.gwmamericas.com.br/

*FICHA TÉCNICA:

Mecânica

Motorização 1.5

Combustível             Híbrido / Elétrico      Gasolina

Potência (cv)            393     154

Torque (kgf.m)         54       23,8

Velocidade Máxima (km/h)           180

Câmbio          automática de 2 marchas

Tração           4×4

Direção          elétrica

Suspensão dianteira          Suspensão tipo McPherson e dianteira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Suspensão traseira            Suspensão tipo multibraço e traseira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Dimensões

Altura (mm)   1.730

Largura (mm)           1.886

Comprimento (mm)             4.683

Peso (Kg)      1.720

Tanque (L)    61

Entre-eixos (mm)     2.738

Ocupantes    5

*Dados do fabricante

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo