AvaliaçõesFiatNotícias
Tendência

Avaliação – Fiat Toro Endurance 2.0 TDI AT9 4×4 2022

Interior totalmente novo e com maior número de porta-objetos para mais comodidade

Fotos Marcus Lauria

Líder de vendas no segmento de picapes compactas urbanas, a Fiat Toro ultrapassou a importante marca de 300 mil unidades vendidas no mercado brasileiro em junho deste ano. Produzida na planta industrial de Goiana (PE), dentro do conceito de indústria 4.0 e seguindo um rígido padrão de qualidade, o veículo passou por sua mais importante mudança em abril.

A Fiat chama a sua picape de Sport Utility Pick-up (SUP), que que combina o conforto e dirigibilidade de um SUV com a força, a robustez e a praticidade de uma picape com a capacidade para cinco pessoas e uma tonelada de carga total, evoluindo sempre desde o lançamento, em 2016. Com a chegada da Toro ao mercado, a Fiat, que detinha 33,1% de market share de todo o segmento em 2015, passou para 55,1% atualmente. Isso significa que uma em cada duas picapes de todas as categorias comercializadas no país saem das concessionárias da marca.

De acordo com a marca, em sua primeira renovação, apoiada em pesquisas de clientes e extensos estudos de tendência, a marca desenvolveu seu novo veículo sobre quatro pilares: Design, Performance, Conectividade e Tecnologia. Estivemos avaliando por uma semana a versão diesel de entrada Endurance e pudemos comprovar que seu uso diário é bem agradável, além de ter um motor potente sua economia de combustível surpreende. Seu preço parte de R$ 152.990.

Vista por fora a Toro 2022 traz um desenho levemente renovado na dianteira, que inclui o Logo Script na porção superior da dianteira e a Fiat Flag na nova grade frontal, novo capô com fortes vincos, grade, rodas e bullbar integrado ao para-choque. E no caso da versão avaliada, rodas de ferro com calotas, que vistas de longe até parecem rodas de liga leve por causa do encaixe quase perfeito. A nova grade frontal é menos invocada que as das versões Ranch e Ultra. Já o faróis possuem luzes de condução diurna.

A lateral com linha de cintura elevada e largas caixas de roda mantém a sensação de dinamismo da picape. A traseira conserva a abertura da tampa dividida em duas partes, que traz mais ergonomia ao uso. As lanternas traseiras possuem lâmpadas de LED, enfim, é uma picape agradável de ser ver, com linhas modernas e bonitas.

Enquanto por dentro a picape ganhou novo painel de instrumentos, que abriga um cluster 100% digital como item de série em todas as versões e console central, ambos perfeitamente integrados a diferentes materiais e aos novos revestimentos dos bancos de tecido. A mudança permitiu quase dobrar para 26 litros a capacidade de armazenamento dos porta-objetos. O carro ainda carrega cinco passageiros com relativo conforto. E o acabamento interno é considerado bom para sua categoria.

A exemplo da Nova Strada, o Logo Script da Fiat estampa o centro do volante e a Fiat Flag ilustra o revestimento em couro da coifa do câmbio. A cabine também recebeu um novo comando do ar-condicionado digital de duas zonas na central multimídia. Apesar de não trazer a nova central multimídia de 10,1 polegadas, a Toro Endurance já oferece a central multimídia de sete.

Outra mudança de destaque fica para a maior oferta de porta-objetos, que quase dobrou de capacidade e passou para 26 litros. O console central, por exemplo, ganhou dois porta-copos de 700 ml cada ao lado da alavanca freio de mão; já à frente da alavanca câmbio há outro espaço para acondicionar objetos, no qual encontra-se o carregador de celular por indução. Ainda para ganhar mais espaço no habitáculo, o comando giratório das funções 4×4 foi posicionado junto ao comando do ar-condicionado. O acabamento é bom para a sua categoria e o espaço interno é bem aproveitado, cabem com folga cinco pessoas e o bom que ela não quica a traseira igual as picapes médias, mantendo o bem estar a bordo.

Pensando no prazer ao dirigir, a Fiat deu uma melhorada na suspensão. A dianteira traz o consagrado sistema McPherson e a traseira é uma sofisticada Multilink. Os sistemas são fixados na carroceria por apoios de elementos elásticos especiais, que garantem total isolamento e silêncio para os ocupantes, mesmo em pisos esburacados.

Além disso, esta suspensão independente e resistente garante melhor dirigibilidade, estabilidade e agilidade em qualquer tipo de terreno ou desvio de trajetória, mesmo carregando uma tonelada de carga. A Nova Fiat Toro é construída sobre a plataforma global Small-Wide. Modular e flexível, ela forma uma reforçada estrutura monobloco, utilizando mais de 85% de materiais nobres, como o aço de alta resistência avançado.

Mesmo sendo a versão de entrada, a Fiat Toro Endurance 2022 oferece um bom pacote de equipamentos. Dentre todos eles, destaque para: seis airbags, freios ABS com EBD, ar-condicionado, banco do motorista com regulagem de altura, central multimídia com tela touchscreem de sete polegadas, computador de bordo, painel de instrumentos com tela de 7 polegadas digital, direção elétrica, controle eletrônico de aceleração, drive by Wire, controle eletrônico de estabilidade,  luzes de condução diurna, follow me home, sensor de estacionamento, entrada USB, volante com regulagem de altura (e profundidade), 4×4 low; controle eletrônico de saída e protetor de cárter entre outros.

Em respeito à performance, a Toro Endurance avaliada traz o já conhecido motor 2.0 16V turbo diesel (MultiJet II) de 170 cv a 3.750 rpm de potência máxima e torque de 35,7 kgfm a 1.750 rpm, que trabalha em conjunto com o eficiente câmbio automático de última geração de 9 marchas, sempre com tração 4×4 e capacidade de carga de carga total de uma tonelada. Segundo dados do Inmetro, dos dados de consumo da Fiat Toro 2022 são os seguintes: 10,4 km/l na cidade; 13,3 km/l na estrada. As acelerações são boas, mantem a picape sempre à disposição para ultrapassagens, arrancadas de semáforo e retomadas.

O câmbio é bem escalonado e não transite trancos em nenhuma situação. Para quem quiser se aventurar em caminhos mais difíceis a tração nas 4 rodas está lá para ser usada e abusada e faz bem seu trabalho atravessando obstáculos de nível mais elevado sem pestanejar.

*FICHA TÉCNICA:

Mecânica

Motorização 2.0

Combustível             Diesel

Potência (cv)            170

Torque (kgf.m)         35,7

Velocidade Máxima (km/h)           188

Tempo 0-100 (s)      10

Consumo cidade (km/l)      9

Consumo estrada (km/l)    11,2

Câmbio          automática com modo manual de 9 marchas

Tração           4×4

Direção          elétrica

Suspensão dianteira          Suspensão tipo McPherson e dianteira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Suspensão traseira            Suspensão tipo multibraço e traseira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Dimensões

Altura (mm)   1.746

Largura (mm)           1.844

Comprimento (mm)             4.915

Peso (Kg)      1.871

Tanque (L)    60

Entre-eixos (mm)     2.990

Ocupantes    5

*Dados do fabricante

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo