AvaliaçõesFiatTestes
Tendência

Avaliação – Fiat Mobi Drive 1.0 FireFly Flex 2020

Fotos Marcus Lauria

O Mobi é o modelo mais em conta da linha da Fiat e é com a versão Drive com câmbio manual que fizemos o teste de uma semana para o site. O modelo é ideal para um casal sem filhos ou pessoas solteiras, possui dimensões compactas para rodar na cidade além de ser bem econômico.

O Fiat Mobi quando foi lançado chegou para ocupar o lugar dos descontinuados Mille e Palio Fire e está disponível em diferentes versões com motor 1.0 Firefly, O câmbio automatizado GSR não faz mais parte das opções do modelo na linha 2020. A versão de entrada Easy 2020 parte de R$ 34.990 enquanto a Mobi Drive 1.0 custa R$ 44.840.

Com a chegada do Renault Kwid 2020, que tem preço, conteúdo, espaço e outros atrativos a Fiat teve que “rebolar” para atrair novos consumidores para o seu modelo compacto. Segundo a marca, sua meta é passar das atuais 3.500 unidades, média mensal do Mobi, para 4.500 neste ano. E caso isso se concretize, o volume deve alcançar 50 mil unidades/ano.

Pequeno e simpático, o Mobi tem 3,56 m de comprimento, 1,63 m de largura, 1,50 m de altura e 2,30 m de entre eixos. Apesar dos números mostrarem que se trata de um genuíno subcompacto o projeto já está um pouco antigo, onde para manter um bom espaço interno para os passageiros a marca optou por deixar o capô longo e um porta-malas ínfimo que cabe apenas 215 litros e ainda tem uma caixa chamada Cargo Box para separar objetos.

Quando visto de frente, o Mobi revela linhas quadradas com grandes faróis de lentes simples, enquanto na traseira as lanternas possuem a mesma medida com para-choques mais envolvente transmitindo mais harmonia ao desenho do carro. As colunas C possuem molduras para se harmonizar com a vigia traseira, que substitui completamente a tampa do porta-malas feita em vidro preto.

O Fiat Mobi 2020 continua com as mesmas novidades anunciadas para a linha 2019, quando a linha do subcompacto da marca italiana ganhou duas novas versões de acabamento: a Easy Comfort, que adiciona alguns equipamentos extras em relação ao modelo Mobi Easy convencional, e a Way Extreme, uma série especial que conta com detalhes visuais exclusivos.

Confira os preços das versões oferecidas: Mobi Easy 1.0 flex 4p R$ 34.990; Mobi Like 1.0 flex 4p R$ 41.290; Mobi Way 1.0 flex 4p R$ 42.340; Mobi Easy Comfort 1.0 flex 4p R$ 37.840 e o Mobi drive 1.0 flex 4p R$ 44.840.

A versão avaliada vem com recursos como banco traseiro com dois apoios de cabeça reguláveis, indicador de marcha, retrovisores externos com comando manual interno, painel de instrumentos com display digital de 3,5 polegadas, rodas de aço aro 13 polegadas com calotas,  pneus 165/70 R13, direção elétrica com função City, limpador/lavador/desembaçador do vidro traseiro, grade dianteira com pintura preta, pré-instalação para rádio e sistema de partida a frio sem tanque auxiliar de gasolina entre outros.

Os opcionais são disponibilizados por meio de kits. Kit Tech (R$ 4.150) – Chave canivete com telecomando para abertura e fechamento das portas e vidros, Faróis de neblina, Alarme antifurto, Sensor de estacionamento traseiro, Banco do motorista com regulagem de altura, Console de teto com espelho auxiliar, Personalização interna (Tecido dos bancos Jacq. Bruma, alças de segurança traseiras e dianteira do lado do passageiro, apoia-pé para o motorista, bolsa porta-revista no encosto dos bancos dianteiros, porta-óculos), Rodas de liga leve 5.5 X 14″ + Pneus com baixa resistência a rolagem 175/65 R14, Retrovisores externos elétricos com sistema Tilt Down + setas de direção integradas e Banco bi partido. Kit Connect (R$ 1.690) – Rádio Connect (Bluetooth; Audio streaming; Entrada USB e Aux.).

Além de volante multifuncional com comandos de mídia/telefone, Predisposição para rádio (2 alto-falantes dianteiros, 2 alto-falantes traseiros e Antena) e Quadro de instrumentos em TFT(visor LCD em alta resolução) com computador de bordo A e B. Kit Live/On (R$ 1.690) – Sistema de conectividade via Bluetooth com rádio e aplicativo para smartphones com sistema IOS e Android – inclui volante com comandos do rádio/telefone, suporte retrátil e entrada USB para carregamento, Predisposição para rádio (2 alto-falantes dianteiros, 2 alto-falantes traseiros e Antena) e Quadro de instrumentos em TFT (visor LCD em alta resolução) com computador de bordo A e B.

Sob o capô está o elástico motor tricilíndrico 1.0 Firefly, com potência de 72/77 cavalos e torque de 10,4/10,9 kgfm com gasolina/etanol que mostra muita disposição para empurrar o pequeno Mobi. Em conjunto está a transmissão manual de cinco marchas com engates longos, macios e precisos, obtendo assim uma boa performance e economia de combustível.

De acordo com os números do Inmetro para o Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, a versão Drive do Mobi percorre 9,6 km/l na cidade e 11,3 km/l na estrada com etanol e 13,7 km/l na cidade e 16,1 km/l na estrada com gasolina, o que lhe garantiu um B na Comparação Relativa na Categoria e um A na Comparação Absoluta Geral.

*FICHA TÉCNICA:

Mecânica

Motorização 1.0

Combustível             Álcool            Gasolina

Potência (cv)            77       72

Torque (kgf.m)         10,9    10,4

Velocidade Máxima (km/h)           164     161

Tempo 0-100 (s)      12

Consumo cidade (km/l)      9,6      13,7

Consumo estrada (km/l)    11,3    16,1

Câmbio          manual de 5 marchas

Tração           dianteira

Direção          elétrica

Suspensão dianteira          Suspensão tipo McPherson, roda tipo independente e molas helicoidal.

Suspensão traseira            Suspensão tipo eixo de torção, roda tipo semi-independente e molas helicoidal.

Freios            Dois freios à disco.

Dimensões

Altura (mm)   1.501

Largura (mm)           1.633

Comprimento (mm)             3.566

Peso (Kg)      945

Tanque (L)    47

Entre-eixos (mm)     2.305

Porta-Malas (L)        215

Ocupantes    5

*Dados do fabricante

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo