AvaliaçõesFiatTestes

Avaliação – Fiat Bravo BlackMotion 1.8 Flex Dualogic 2016

IMG_6133

Apresentada oficialmente pela Fiat durante o Salão do Automóvel de São Paulo de 2014, a linha 2016 do Bravo chegou com retoques e melhorias significativas. O hatch médio da marca não mudou só na aparência, mas também no conteúdo. Desta forma, o Bravo, ficou mais enxuto e segue na briga pela liderança em seu segmento, que é bem disputada.

IMG_5969

As mudanças externas são bem discretas, um bom observador vai notar logo de cara a leve resstilização na dianteira e na traseira Além das mudanças sutis, o modelo perdeu a versão intermediária Absolute para a estreia da Blackmotion, versão essa cedida por 10 dias, para nossa avalição. De acordo com a marca, com essa alteração, a expectativa é que a configuração Essence (de entrada) represente 50% das vendas, a Sporting 30%, a Blackmotion 15% e a T-Jet 5%.

IMG_6375

Por dentro, quase todos os comandos estão a mão do motoristas, a exceção vai para os botões de acionamento dos faróis de milha e do desembaçador traseiro, que ficam um pouco afastados dos demais controles, mas nada que atrapalhe na hora de dirigir. Espaçoso, o interior acomoda bem até quatro passageiros, desde que os que viajam atrás não tenham mais de 1,80m de altura, devido ao desenho que a carroceria apresenta. Há uma saída de ar-condicionado exclusiva para quem vai atrás. A posição de dirigir é fácil de achar, as regulagens do volante e do banco são excelentes para achar o ajuste certo. O volante tem uma boa empunhadura e o interior é feito de material de boa qualidade.

IMG_6306

De série, o Bravo traz a nova central multimídia Uconnect Touch, sensível ao toque, de 5 polegadas, comandos de voz, Bluetooth, áudio streaming, entrada AUX, USB, MP3 e rádio, a versão Blackmotion traz ainda ar-condicionado automático com saída para o banco traseiro, direção elétrica com função City, trio elétrico e todos os vidros com função um-toque, computador de bordo, volante multifuncional, duplo airbag e freios ABS com EBD. Volante, bancos, alavanca do freio de mão e outros acabamentos de couro, controle de velocidade, suspensão com acerto esportivo, rodas de liga de 17 polegadas, sensor de estacionamento traseiro e ponteiras cromadas, e uma prática mesinha com porta copos que fica embutida no banco traseiro.

IMG_6340

O Bravo Blackmotion avaliado pelo site é equipado com motor 1.8 16V flex de 132 cv a 5.250 rpm e 18,9 kgfm a 4.500 giros, gerenciado por um câmbio automatizado de cinco velocidades. Existe ainda a versão com câmbio manual de cinco velocidades. A caixa automatizada Dualogic de cinco marchas está disponível para todas as versões, exceto a T-Jet, pelo preço adicional de R$ 3.310. Ela pode ser acionada pelas borboletas no volante, o que confere um pouco mais de agilidade nas trocas. A tecla S, localizada ao lado da manopla, confere um desempenho melhor na hora das trocas das marchas. Sem atrasos nas retomadas, em baixos regimes, no Bravo Blackmotion não empolga tanto quanto parece, talvez se estivesse com o câmbio manual, seria mais divertido dirigir o hatch.

IMG_6292

Dividido em vários pacotes de opcionais, o Bravo oferece as seguintes opções: Pack Safe (pacote que contempla sete bolsas de airbags) pode ser adquirido por um acréscimo de R$ 3.570. Para instalar o Kit Creative Top, que inclui câmera de ré, rebatimento elétrico dos retrovisores externos, retrovisor interno fotrocrômico, sensor crepuscular, sensor de chuva, sensores de estacionamento na dianteira e som Hi-fi com subwoofer é necessário desembolsar R$ 3.410. E o teto solar elétrico Skydome custa R$ 5.350.

IMG_6103

Bom de curvas, o Bravo Blackmotion utiliza uma suspensão do tipo McPherson na dianteira e eixo de torção na traseira, o que a deixa com um certo arde esportividade. Já conhecida nos modelos mais tops da marca, a direção elétrica é direta, bem calibrada e conta com a função “City” que deixa o volante mais leve em manobras.

IMG_6116

Seu preço de entrada é de R$ R$ 68.990, mas pode chegar a salgados R$ 84.630 se acrescidos os pacotes que incluem sete airbags, câmbio Dualogic, câmera de ré e teto solar elétrico. Apesar da oferta de pacotes de itens de conforto e segurança, o Golf, Focus e Cruze fica em vantagem. O Blackmotion está disponível em quatro cores. Branco Kalahari, cinza Scandium, prata Bari e preto Vesúvio.

CONTINUA NA PÁGINA 2

1 2Próxima página
Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo