AvaliaçõesFiatNotícias
Tendência

Avaliação – Fiat Argo 1.3 Drive S-Design MT 2022

O motor 1.3 Firefly de 109 cv e 139 Nm de torque deixa essa versão bem econômica

Fotos Marcus Lauria

A linha 2022 do Fiat Argo foi lançada no início do ano e já está disponível nas concessionárias para quem quiser. O hatch da montadora italiana tem preços a partir de R$ 68.490 na versão de entrada 1.0 e chegam aos R$ 94.890 na versão HGT automática, que é a opção topo de linha na linha 2022. Avaliamos por uma semana a versão Drive 1.3 S-Design, que passa a ser agregada de forma definitiva à linha do modelo. Além disso, ele continua como um opcional para a versão Drive 1.0.

Para diferenciar das outras versões a S-Design traz visual escurecido, volante em couro, detalhes exclusivos no interior e uma boa dose de equipamentos, como multimídia de 7 polegadas, ar-condicionado digital, rodas de liga leve de 15 polegadas, entre outros.

O Argo é um hatch bem equilibrado, sempre gosto muito testar esse modelo quando aparece um para avaliação, além de muito agradável de dirigir é bem econômico. O modelo tem 3,99 m de comprimento, 1,72 m de largura, 1,50 m de altura e 2,52 m de entre eixos, adotando um estilo bem esportivo e com visual bem atual. O compacto tem faróis duplos bem delineados e dotados de LEDs diurnos. A grade tem elementos que lembram escamas e o para-choque tem uma barra horizontal rebaixada. Falsas entradas de ar nas laterais dão um ar mais esportivo ao modelo. Já os faróis de neblina circulares ficam mais ao centro.

Ainda por fora o capô tem vincos bem pronunciados e o para-choque ainda conta com spoilers integrados. Saias laterais e de rodas em preto deixam a versão ainda mais exclusiva. As colunas possuem pintura na cor preta e os retrovisores são dotados de repetidores de direção. Também tem detalhes externos na cor bronze, como os logotipos e a moldura inferior do para-choque.

Na traseira, spoiler integrado na tampa do bagageiro, que tem ainda lanternas com lentes imitando LED. A tampa tem abertura elétrica na chave. O para-choque possui refletores em forma de bumerangue, enquanto o escape ocultado pelo protetor. As linhas harmônicas ajudam a deixar o modelo nessa versão bem atraente aos olhos. O S-Design foi muito apreciado pelos locais que passei com ele, atraindo olhares, principalmente de donos de Argo.

Por dentro o Argo S-Design oferece volante revestido de couro, bancos com tecido exclusivo e acabamento bronze no painel e console. O painel tem três revestimentos, sendo que a parte central possui texturas e tons diferentes. O volante é o mesmo de outros modelos mais recentes da FCA. O conjunto é bem completo e ainda vem com comandos de computador de bordo, piloto automático com limitador e ajustes de mídia e áudio atrás do aro. Ele conta ainda com ajuste de altura para o banco em tecido do motorista.

Todos os assentos têm cintos de três pontos e o traseiro é bipartido com Isofix e Top Tether. Luzes de leitura são de série, assim como espelhos nos para-sóis. Há porta-óculos na lateral e cintos dianteiros com ajustes de altura. Sentimos falta de alguns itens como regulagem de profundidade do volante, acendimento automático dos faróis, banco traseiro com encosto bipartido e airbags laterais.

A coluna de direção tem ajuste em altura (exceto nas versões mais baratas). O ar-condicionado é manual na versão avaliada e os difusores de ar somam cinco unidades, sendo três centrais circulares. Os laterais são retangulares. O console central vem com entrada USB e auxiliar. A tela da multimídia tem 7 polegadas e é sensível ao toque, tendo sistema Uconnect. Este, por sua vez, conta com os sistemas Android Auto do Google e CarPlay da Apple. Esses recursos dispõem da possibilidade de espelhamento do aplicativo de navegação Waze, considerado um dos melhores para smartphones.

A central de entretenimento possui diversas funcionalidade, incluindo imagens da câmera de ré, bem como informações sobre desempenho e economia, além de configurações do veículo. Entre os bancos, entrada USB adicional para os passageiros traseiros, bem como um porta-copos dianteiro e outro traseiro. Uma tomada 12V fica próxima da alavanca do freio de mão. O porta-malas tem consideráveis 300 litros. O Argo é muito bom de dirigir, oferece uma ótima posição ao volante e não deixa o motorista cansado em trechos maiores. Os passageiros também se acomodam bem sem aperto. O porta-malas apesar de não ser muito grande acomoda bem a bagagem de todos os ocupantes.

Sob o capô está o bom e velho conhecido motor 1.3L quatro cilindros e 8 válvulas, entregando 101 cv com gasolina e 109 cv com etanol, ambos a 6.250 rpm. Este tem 13,7 kgfm com gasolina e 14,2 kgfm com etanol, ambos a 3.500 rpm, feito em alumínio, mas com apenas duas válvulas por cilindro. Este propulsor utiliza o ciclo Miller para maior eficiência energética e possuem injeção eletrônica indireta. O motor trabalha em conjunto com o câmbio manual de 5 marchas. O consumo fica em 8,8 Km/l na cidade com etanol e 10,4 Km/l na estrada e com gasolina suas médias são de 12,8 Km/l na cidade e 14,7 Km/l na estrada, segundo dados divulgados pelo Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV), do Inmetro.

São números suficientes para garantir agilidade razoável com alguma economia de combustível, mas faltou uma marcha a mais no câmbio manual de cinco velocidades que também poderia ter engates mais precisos. É possível manter o motor sempre em níveis bem baixos de rotação sem precisar fazer reduções de marcha, ou seja, há mais elasticidade no decorrer do uso normal do carro.

Seu preço parte de R$ 78.290 e atualmente, o Fiat Argo compete com modelos como Chevrolet Onix, Hyundai HB20 e VW Fox, além de outros hatches compactos como o Volkswagen Polo e Peugeot 208. Cores disponíveis: Preto Vulcano (sólida, sem custos adicionais), Branco Banchisa com teto preto e Vermelho Montecarlo com teto preto (sólidas, R$ 950); Cinza Silverstone com teto preto (metálica, R$ 1.800); Branco Alaska com teto preto (perolizada, R$ 1.800). A Fiat oferece para os compradores do Fiat Argo 2022 uma garantia estendida de 12 ou 24 meses, além dos três anos de fábrica. Com isso o modelo pode ter um total de cinco anos de garantia se desejado.

A versão avaliada é equipada de série com banco do motorista com regulagem de altura, central multimídia UConnect de 7″ com Android Auto e Apple CarPlay, rodas de aço aro 15’’ com calotas, sistema de monitoramento de pressão dos pneus e volante com comandos de rádio e telefone, ar-condicionado digital, acabamento exclusivo S-Design por dentro e por fora, faróis de neblina, auxílio de partida em rampa, iluminação do porta-malas, chave Key-less, luzes diurnas de led, logotipos Fiat escurecidos, moldura do volante e console central com acabamento na cor prata, retrovisores externos elétricos com sistema Tilt Down e setas de direção integradas, rodas de liga leve de 15’’ com acabamento escurecido, sensor de estacionamento traseiro com visualizador gráfico, controle de tração, vidros elétricos dianteiros e traseiros com one touch e antiesmagamento, volante em couro com costura exclusiva.

*FICHA TÉCNICA:

Mecânica

Motorização 1.3

Combustível             Álcool            Gasolina

Potência (cv)            109     101

Torque (kgf.m)         14,2    13,7

Velocidade Máxima (km/h)           184     180

Tempo 0-100 (s)      10,8

Consumo cidade (km/l)      8,9      12,5

Consumo estrada (km/l)    10,4    14,7

Câmbio          manual de 5 marchas

Tração           dianteira

Direção          elétrica

Suspensão dianteira          Suspensão tipo McPherson e dianteira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Suspensão traseira            Suspensão tipo eixo de torção, roda tipo semi-independente e molas helicoidal.

Dimensões

Altura (mm)   1.501

Largura (mm)           1.724

Comprimento (mm)             3.998

Peso (Kg)      1.140

Tanque (L)    48

Entre-eixos (mm)     2.521

Porta-Malas (L)        300

Ocupantes    5

*Dados do fabricante

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo