AvaliaçõesGMNotíciasTestes
Tendência

Avaliação – Chevrolet Spin 1.8 Econoflex Activ 7S Aut. 2021

Com apelo aventureiro, versão avaliada traz novos itens de acabamento, como a gravata Chevrolet com fundo preto e mudanças na grade, para-choques, rack de teto e estribo lateral

Fotos Marcus Lauria

A Chevrolet está ampliando o pacote de equipamentos de segurança e comodidade do Spin. O modelo se destaca por ser a opção de veículo de sete lugares mais acessível do mercado nacional. A principal novidade do Spin para a linha 2021 é a adoção do controle eletrônico de estabilidade e tração como item de série em todas as configurações.

A tecnologia reduz sensivelmente o risco de perda de controle do veículo em condições extremas ao limitar a velocidade quando ela se torna incompatível com a trajetória ou a aderência do piso.

A minivan da Chevrolet ganha também assistente de partida em aclive, muito útil em saídas de semáforos e manobras em planos inclinados. O alerta de não afivelamento do cinto do passageiro chega para complementar o aviso referente ao do lado do condutor, já existente. Também extensiva a toda a gama estão o novo grafismo do painel de instrumentos e a inédita opção de cor Azul Eclipse para a carroceria.

Já o controlador de limite de velocidade é outra novidade e está disponível desde as configurações intermediárias. Teclas no volante permitem ao motorista determinar a velocidade máxima que o carro poderia alcançar em acelerações para evitar multas de trânsito, por exemplo.

A versão aventureira do Spin, avaliada pelo site, é a que traz a maior quantidade de novidades externas. A primeira delas é a adoção da gravata Chevrolet com fundo preto, exclusiva de configurações especiais da marca.

A cor preta passa a dar o tom também para os acabamentos da grade frontal, das molduras centrais inferiores do para-choque dianteiro e traseiro além dos estribos laterais e do rack de teto em formato de “U”.

Peças escuras com pintura fosca e outras com cobertura brilhante criam uma combinação com os demais detalhes visuais do veículo e ajudam a destacar o local, incluindo as rodas aro 16 com superfície usinada, os faróis com máscara negra e guias de LED.

O Spin Activ está disponível nas configurações de cinco e sete lugares (caso da “nossa” versão avaliada). Ambas pensadas para quem precisa de um automóvel funcional com amplo espaço para passageiros e carga. O porta-malas pode chegar a 756 litros com a segunda fileira de bancos toda avançada – quase o dobro da capacidade de SUVs da concorrência. O interior é espaçoso e cabem 7 pessoas tranquilamente, sem aperto.

A Spin conta com acabamentos melhorados na cabine, deixando o interior mais aconchegante. A conectividade fica por conta do multimídia MyLink com Android Auto e Apple CarPlay além do sistema de telemática avançada OnStar com seus serviços exclusivos de segurança e proteção patrimonial. Todos os comandos são fáceis e intuitivos de usar.

A versão Activ assim como a de luxo Premier vêm equipadas de série com ar-condicionado, direção elétrica, transmissão automática, câmera de ré com linhas guias, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, entre outros. A linha 2021 do Spin chega às concessionárias em quatro versões de acabamento: LS, LT, Premier e Activ. A gama atual parte de R$ 69.990 e chega aos seis dígitos com o topo de linha Activ7 automático, vendido por R$ 101.750.

Não foi dessa vez que o Spin ganhou motor turbo ou mesmo outros mimos que o restante da gama Chevrolet já oferece. Em relação a parte mecânica, a principal alteração fica por conta da nova geração da transmissão automática de seis marchas, de funcionamento mais suave e eficiente, em linha com os recentes lançamentos da Chevrolet, como os novos Onix e Tracker. No caso do Spin, a transmissão AT6 foi especialmente recalibrada para trabalhar em harmonia com o motor 1.8 SPE/4 ECO Flex de até 111 cavalos de potência e 17,7 kgfm de torque.

O modelo se comportou bem em uma viagem de bate e volta até São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos (RJ), o único senão fica por conta do freio, que não mostra tanta eficiência, tive que apertar bem fundo o pedal para frear com segurança, mas com o tempo você se acostuma e passa a ficar mais esperto quando precisa frear com antecedência.

*FICHA TÉCNICA:

Mecânica

Motorização 1.8

Combustível             Álcool            Gasolina

Potência (cv)            111     106

Torque (kgf.m)         17,7    16,8

Velocidade Máxima (km/h)           168

Tempo 0-100 (s)      12       N/D

Consumo cidade (km/l)      7          10,3

Consumo estrada (km/l)    8,3      12

Câmbio          automática com modo manual de 6 marchas

Tração           dianteira

Direção          elétrica

Suspensão dianteira          Suspensão tipo McPherson e dianteira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Suspensão traseira            Suspensão tipo eixo de torção e traseira com barra estabilizadora, roda tipo semi-independente e molas helicoidal.

Dimensões

Altura (mm)   1.689

Largura (mm)           1.764

Comprimento (mm)             4.415

Peso (Kg)      1.293

Tanque (L)    53

Entre-eixos (mm)     2.620

Porta-Malas (L)        162

Ocupantes    7

*Dados do fabricante

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo