AvaliaçõesGMNotíciasTestes
Tendência

Avaliação – Chevrolet Onix 1.0 Turbo Premier Aut. 2020

Modelo traz muitas tecnologias, como os seis airbags de série; itens como Wi-Fi, sensor de ponto cego e assistente de estacionamento

Fotos Marcus Lauria

Depois de revelar o Novo Onix Plus, a Chevrolet lançou a versão hatch do carro que mais vende no Brasil. Além do design totalmente renovado, o novo modelo traz no pacote um acerto dinâmico de tirar o chapéu, que mostra a sensação de prazer ao dirigir logo em um primeiro contato comprovado em nosso teste de uma semana.

A marca enfatiza que esses novos dotes foram melhorados devido a utilização de uma moderna arquitetura global modular em conjunto com a direção elétrica que está mais responsiva, e os amortecedores que ganharam carga adicional. Ou seja um conjunto atual que vem para deixar a concorrência ainda mais para traz.

Comparado com a versão anterior o Novo Onix está maior, mais refinado e tecnológico e com o mesmo preço, diga-se de passagem. Sendo que ainda traz novidades em seu pacote de segurança, como os airbags frontais, laterais e de cortina, o controle eletrônico de estabilidade, o assistente de partida em rampa e o limitador de velocidade de série em todas as versões, que, somado a sua estrutura reforçada, garantiu nota máxima no teste de colisão. Mais um ponto para o novo hatch.

Além de Wi-Fi nativo, sensor de ponto cego e assistente de estacionamento semiautônomo. Completam esta lista o multimídia MyLink de nova geração, o carregador sem fio para smartphones, o ar-condicionado digital, o acendimento automático dos faróis, chave eletrônica e as lanternas de LED com efeito de assinatura luminosa. Itens esses que facilitam e muito a vida à bordo.

Um novo aplicativo para smartphone permite ao motorista desde consultar informações do computador de bordo até iniciar a climatização da cabine à distância. Esta função também está disponível para smart watch.

O Novo Onix Hatch chega nas opções de acabamento Onix, LT, LTZ e a inédita e topo de linha Premier, versão que testei por uma semana. Para o consumidor que busca um visual mais personalizado, a Chevrolet está disponibilizando três pacotes de acessórios originais: Adventure, Sport e Elegance.

O Kit Adventure caracteriza-se pelas rodas diferenciadas, rack de teto e protetores de para-choques, enquanto o Kit Sport é marcado principalmente pelos spoliers frontais traseiros e laterais, além das rodas escurecidas. Já o Elegance traz peças cromadas que deixam o carro com uma aparência ainda mais sofisticada. Neste conceito, os itens podem ser adquiridos individualmente ou em pacotes que complementam a estratégia de versões.

Com um design completamente renovado, o novo Onix hatch ganhou mais personalidade e presença por onde passa. O modelo segue a nova linguagem estética dos veículos globais da Chevrolet. O modelo ficou maior, isso é bem perceptível em uma primeira olhada, além de mais largo, a distância entre-eixos e comprimento. No caso do hatch, esse incremento foi de 41 mm, 23 mm e 230 mm, respectivamente. Com isso, o carro ultrapassa os quatro metros de comprimento (4.163 mm).

Na frente, aliás, destaca-se a nova grade ao estilo Dual-Port da Chevrolet, com a parte de baixo maior para otimizar a refrigeração do motor. A parte de cima, mais estreita, acompanha o contorno do conjunto óptico com a gravata dourada ao centro.

Na versão Premier avaliada os faróis contam com projetores para ressaltar o caráter premium do novo modelo topo de linha. Já as luzes de condução diurnas em “L” contornam a base do para-choque. O LED cria um belo efeito e ajuda a proporcionar uma aparência mais tecnológica e marcante.

O para-choque traz elementos aerodinâmicos na parte inferior, enquanto o capô é marcado por vincos que seguem pelo teto. Já o ângulo de inclinação do capô do modelo  garante maior proteção a pedestres em caso de impacto e contribui para reduz a resistência e o ruído do vento em altas velocidades.

Na lateral, as linhas que integram todo o veículo destacam o aspecto de horizontalidade, enquanto as esculturas da carroceria realçam o dinamismo do carro até mesmo quando está parado. O friso cromado destaca a linha de cintura elevada e ao mesmo tempo agrega sofisticação à versão Premier, que traz rodas de 16 polegadas com desenho exclusivo. Em relação a parte traseira, o Novo Onix se destaca pela tampa traseira devidamente esculpida e com aerofólio na parte superior.

O para-choque caracteriza-se pelo desenho integrado com refletores verticalizados nas laterais. Outro elemento marcante é a moldura escura na parte inferior, onde fica a placa do veículo. Ela agrega harmonização ao conjunto. O volante tem desenho inédito, melhor empunhadura, regulagem de altura e de profundidade e tecla para limitar eletrônicamente a velocidade – útil para evitar multas.

Logo atrás do volante está o quadro de instrumentos com velocímetro e conta-giros de fácil leitura. Ressaltam as molduras cromadas e os ponteiros iluminados por LED. Ao centro fica o computador de bordo com tela de TFT. Outro destaque é o sistema multimídia MyLink de nova geração. Do tipo flutuante, ele otimiza a visualização da tela e permite fácil acesso aos sistemas, entre eles o do ar-condicionado digital com função de recirculação automática no Premier.

Os bancos dianteiros com encosto inteiriço reforçam o ar tecnológico da cabine e estão disponíveis para todas versões. No modelo topo de linha o cliente pode escolher entre duas composições de acabamentos premium para o interior: preto com cinza ou preto com caramelo. Os passageiros traseiros ganham igualmente atenção especial. As dimensões foram ampliadas, e o banco, redesenhado para melhor acomodação da cabeça, quadril e ombros. Foi possível até instalar duas tomadas USB no dorso do console central e ampliar os porta-objetos. O interior é bem confortável e agrada em uma primeira olhada, os bancos são macios e seguram bem o motorista, para quem vai atrás o espaço é suficiente para carregar cinco ocupantes sem muito aperto. O porta-malas tem apenas 275 litros, mas é o suficiente para uma família de 4 pessoas.

O Novo Onix é capaz de identificar seu motorista pela presença da chave eletrônica e permitir o destravamento da porta e o acionamento da ignição por botão. Antes mesmo de embarcar, é possível iniciar a climatização da cabine pelo aplicativo. Já a bordo, o Wi-Fi do carro se conecta automaticamente ao smartphone do usuário, que pode indicar o melhor caminho. E se uma atualização estiver disponível para determinados módulos eletrônicos do carro, nem é preciso ir à concessionária, pois a operação pode ser feita remotamente via internet.

Outra vantagem é que a antena amplificada do veículo proporciona intensidade de sinal até 12 vezes superior em deslocamentos, além do máximo nível de segurança cibernética proporcionado por um sistema genuinamente integrado ao veículo. Enquanto a concorrência atinge o nível dois de conectividade, o Novo Onix inaugura, com o Wi-Fi, o nível 4 – o mais avançado disponível no mercado. O Wi-Fi da Chevrolet é uma parceria exclusiva com a Claro. Além dos 3 GB ou três meses de cortesia para experimentação, o cliente poderá adquirir planos de dados adicionais de 2 GB até 20 GB/mês.

Outra novidade que estreia com o Novo Onix é o myChevrolet App. Ele permite maior interação entre o usuário e o veículo. Pelo aplicativo é possível consultar informações do computador de bordo, entre elas o nível de combustível, a vida útil do óleo, o hodômetro e a pressão individualizada dos pneus. Dá para consultar até se há informações de recall. Alertas e diagnósticos do veículo, notificações de manutenção para a concessionaria e relatórios de condução inteligente são gratuitos durante os 10 primeiros anos de uso do veículo, caso o cliente assim queira.

Em relação a nova geração do multimídia MyLink, vale destacar que ele está mais responsivo aos comandos, traz maior velocidade de processamento, novo layout, resolução gráfica superior, possibilidade de customização e novas telas, entre elas a que permite exibir informações do sistema de áudio e do telefone ao mesmo tempo. Outra novidade é a possibilidade de pareamento simultâneo de até dois celulares por Bluetooth. O multimídia é compatível com os sistemas Android Auto e Apple CarPay para projeção de aplicativos, incluindo os principais de trânsito online e os de troca de mensagens, como o Whatsapp. Para evitar distrações, há comando por voz.

Já o sensor crepuscular entende que a luminosidade está baixa e liga os faróis. Em caso de acidente mais grave, o carro pode avisar uma central 24h com sua posição para envio de resgate. Precisa de ajuda para estacionar? Basta apertar um botão para iniciar o auxílio, que usará os sensores ultrassônicos para calcular a manobra; a câmera de ré projeta o panorama traseiro, e o volante esterça sozinho. O carregador de celular por indução (sem fio) é outra tecnologia ofertada para o Novo Onix. Até então, este conjunto era exclusividade de veículos de preço muito superior.

A versão hatch do Novo Onix recebeu nota máxima em segurança para ocupantes adultos e crianças em testes de colisão. Além das cinco estrelas, o modelo também recebeu um reconhecimento extra pela proteção a pedestres. Também ela vem com um ótimo pacote de segurança que inclui Airbags frontais, laterais e de cortina; controle eletrônico de estabilidade e de tração; assistente de partida em rampa; sistema de monitoramento da pressão dos pneus; sistemas Isofix e Top Tether para ancoramento de cadeirinhas infantis e alerta de não afivelamento dos cintos incrementam a lista de itens de série.

A segunda geração do Onix chega como uma família de motores inteiramente nova, de três cilindros, da família Ecotec. Chega em duas configurações: 1.0 aspirado (até 82 cv/10,6 kgfm) e 1.0 com turbo (até 116 cv/16,8 kgfm), caso da versão avaliada. O carro acelera de 0 a 100 km/h em até 10,1 segundos tanto na versão manual quanto na automática. O motor dá conta do recado e faz a sua parte na hora de acelerar, o turbo entra cedo o que ajuda em ultrapassagens. EM conjunto está com câmbio automático de seis marchas com ótimo escalonamento, sem trancos e com trocas suaves e quase imperceptíveis.

O propulsor turbo conta com bloco de alumínio, cabeçote com duplo comando variável de válvulas, coletor de escape integrado, bomba de óleo de duplo estágio de pressão variável, além de diversos conceitos inovadores ou até mesmo inéditos na categoria. Com gasolina no tanque, o Onix hatch roda em média, 16,7 km/l na estrada e 13,9 km/l na cidade. Os números com etanol são 11,7 km/l e 9,9 km/l, respectivamente. A suspensão é firme e deixa o Onix hatch bem à vontade para “engolir” as curvas sem medo, o motorista fica tranquilo nessas horas, provando que a estrutura do modelo é confiável e gruda nas curvas.

*FICHA TÉCNICA:

Mecânica

Motorização 1.0

Combustível             Álcool            Gasolina

Potência (cv)            116     116

Torque (kgf.m)         16,8    16,3

Tempo 0-100 (s)      10,1    N/D

Consumo cidade (km/l)      8,3      11,9

Consumo estrada (km/l)    10,7    15,1

Câmbio          automática com modo manual de 6 marchas

Tração           dianteira

Direção          elétrica

Suspensão dianteira          Suspensão tipo McPherson e dianteira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Suspensão traseira            Suspensão tipo eixo de torção, roda tipo semi-independente e molas helicoidal.

Dimensões

Altura (mm)   1.476

Largura (mm)           1.731

Comprimento (mm)             4.163

Peso (Kg)      1.113

Tanque (L)    44

Entre-eixos (mm)     2.551

Porta-Malas (L)        275

Ocupantes    5

*Dados do fabricante

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo