CarrosNotícias

Audi R8 GT chega por R$ 1 milhão no Brasil

Fotos: Divulgação

Finalmente chega ao Brasil o superesportivo R8 GT, da Audi, O modelo custa a bagatela de R$ 1 milhão. Além do preço alto e só poder estar na garagem de alguns abonados, o R8 GT tem sua produção limitada a 333 unidades, 3 para o mercado brasileiro. O superesportivo alemão tem uma placa com um número individual de produção sobre a alavanca de câmbio. A novidade chega ao País na segunda quinzena deste mês.

Em comparação ao R8 de série, essa versão exclusiva ficou mais leve e potente. Sob o capô um poderoso motor com bloco de alumínio V10 5.2 FSI quattro de 560 cv de potencia a 8.000 rpm.. Segundo a montadora, sua aceleração de 0 a 100 km/h e feita em apenas 3,6 segundos e atinge 320 km/h de velocidade máxima. O superesportivo ficou 100 kg mais leve que a versão convencional e pesa somente 1.525 kg. Construído na nova carroceria Audi Space Frame (ASF) passou por um alívio de peso, graças ao uso de painéis de alumínio. Alguns componentes da transmissão também tiveram seu peso reduzido além de rodas e freios em cerâmica. O moor trabalha em conjunto com um sistema de transmissão automatizado de seis marchas (R tronic), troca automática ou mesmo manual, por meio de borboletas atrás do volante ou da alavanca de câmbio.

Por dentro o R8 GT ganhou bancos de competição com quatro pontos de fixação, com estrutura de fibra de vidro reforçada com fibra de carbono, resultando em uma redução de peso de 31,5 kg em relação aos bancos originais do R8 V10. Na parte externa o modelo recebeu  componentes do Audi R8 LMS (Le Mans Séries) que participa das corridas de GT3. Destaque para o aerofólio fixo em fibra de carbono e as saídas de ar do motor central redesenhadas. Completam o visual o para-choque com saídas de ar de escapamento e das rodas e dos freios traseiros maiores. Além das chamativas lanternas de LED. A suspensão também foi desenvolvida visando o alto desempenho: com barras de alumínio em forma de triângulo.

 

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo