CarrosNotícias

VW entra em acordo e vai pagar à justiça dos EUA 4 milhões

A Volkswagen entrou em acordo com a justiça dos Estados Unidos para o pagamento de 4,3 milhões de dólares (cerca de 4 milhões de euros) em penalizações e multas na sequência do chamado “dieselgate”.

No acordo anunciado pela marca alemã em comunicado oficial, a VW fica também sujeita à nomeação de um gestor independente para a sua atividade durante três anos e “concordou declarar-se culpada de três acusações criminais sob a lei dos EUA”.

“A Volkswagen AG acordou com o governo dos EUA a resolução de queixas criminais, ambientais e civis contra a companhia relacionadas com o caso diesel. Como parte da resolução, a Volkswagen concordou pagar penalizações e multas totalizando 4,3 mil milhões de dólares e com uma série de medidas para fortalecer os seus sistemas de implementação e controlo, incluindo a nomeação de um monitor independente durante um período de três anos», pode ler-se no comunicado.

O diretor executivo do grupo Volkswagen refere que o fabricante alemão “lamenta profundamente o comportamento que deu origem à crise diesel”. Matthias Müller frisa que a VW tem “trabalhado incansavelmente para corrigir as coisas com os clientes” e que já se conseguiu “algum progresso”. “Os acordos a que chegámos com o governo dos EUA refletem a nossa determinação em lidar com a má conduta”, garante o diretor da marca significando “um passo importante” quer para a empresa quer para os trabalhadores.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo