Sem categoria

Muitos consumidores desejam o carro sem motorista

Fotos: Divulgação

Estudo da Cisco Systems, multinacional de TI, revelou que 95 por cento dos brasileiros confiam nos carros automatizados. Cerca de 1.500 consumidores de dez países foram pesquisados pela empresa e 57% deles confirmaram que usariam um carro sem motorista, controlado pela tecnologia que dispensa a intervenção humana.

Os motoristas brasileiros foram os que melhor aceitaram a ideia com 95% dos entrevistados afirmando que viajariam num carro automatizado e 92% deles deixariam seus filhos nesses veículos.

Outros motoristas que se sentem seguros com essa tecnologia são da índia – 86% deles responderam que não teriam problemas em andar num carro desse tipo. O país que menos aceitou a ideia foi o Japão com apenas 28% dos motoristas japoneses interessados nessa tecnologia.

Quem acompanha de perto o desenvolvimento de sistemas automatizados de direção é a Ford, com um olhar no futuro que, tudo indica não esta muito distante. Pioneira em diversas técnicas inovadoras, com vários projetos de segurança em seus veículos, a empresa esta desenvolvendo o Traffic Jam Assist, um sistema de condução semi-autônomo que utiliza radares e câmeras para manter o ritmo do deslocamento, em relação ao veículo da frente, bem como para dirigir o próprio carro.

De acordo com o engenheiro Joseph Urhahne, da Ford, os motoristas gastam mais de 30% do seu tempo no tráfego pesado, quase parando. Assim, o Traffic Assist Jam poderia ajudar a tornar a viagem no meio de congestionamentos, uma experiência mais relaxante, inclusive com a possibilidade de uso do controle da velocidade de cruzeiro.

Dessa forma, não estamos falando de futurologia, mas de tecnologias que já existem e disponíveis, assim como o sistema de estacionamento perpendicular, já em desenvolvimento pela Ford, uma evolução mais inovadora do que o atual sistema de estacionamento paralelo.

Além disso, a marca do oval azul também esta criando um sistema de avaliação da carga de trabalho imposta ao motorista que usa uma variedade de sensores que monitoram o nível de estresse do condutor que, quando exagerado, poderá eliminar as chamadas telefônicas dentro do carro para evitar distrações.

Tudo isso, pode ser lançado em um futuro muito próximo.

Os dados obtidos pela pesquisa da Cisco, em 10 países, revelaram que aceitariam o sistema automatizado de direção, os seguintes mercados: Brasil – 95%; Índia – 86%; China – 70%; Estados Unidos – 60%; Rússia – 57%; Canadá – 52%; França – 45%; Inglaterra – 45%; Alemanha – 37% e Japão – 28%.

Fonte: www.fordparatodos.com.br

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo