CarrosNotícias

Montadora De Tomaso pede falência na Itália

Fotos: Divulgação / De Tomaso Pantera GTS

Por Larissa Nogueira

A De Tomaso vai mesmo abrir falência, desta vez não tem mais salvação. O pedido já foi entregue no tribunal de Livorno, na Itália.  Após um grande período de dificuldades, que pareciam ter sido contornadas com a chegada de um antigo executivo da Fiat, Gian Mario Rossignolo, em 2009. Ele tinha um plano para recuperar financeiramente a empresa, que passava pela ressureição do Deauville e a venda de seus direitos de construção a um consórcio chinês.

De Tomaso SLS Concept

Após a apresentação no Salão de Genebra de 2011, os planos para o modelo não chegaram a se concretizar e colocou em risco dois outros projetos esperados pela marca: o SLC, um cupê de luxo e a volta do esportivo Pantera, grande sucesso da montadora. Agora a Do Tomaso está sem capacidade financeira para pagar os seus empregados e também encontrou outro obstáculo e com isso, os seus bens serão administrados pelo tribunal, para pagar os cerca de 1200 funcionários e seus diversos investidores.

Fundada em 1959 pelo argentino Alejandro de Tomaso, a empresa produziu vários tipos de veículos, incluindo protótipos e um carro da F1 para a equipe Willians em 1970 e ganhou mercado com a fabricação de veículos esportivos e de luxo.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo