LançamentosNotícias

Lançamento – Renault lança linha 2013 do Logan e Sandero com novo motor 1.6 Hi-Power

Fotos: Marcus Lauria

A Renault apresentou entre os dias 23 e 4 deste mês a linha 2013 dos modelos Logan e Sandero. Além de algumas novidades no conteúdo o destaque fica para o novo motor e a introdução de uma versão com apelo esportivo. Com apelo comercial e design que não é admirado por muitos, o Logan e Sandero tem o preço e o espaço interno como suas principais armas para atacar a concorrência sem medo.

Na apresentação feita em Curitiba para os jornalistas especializados, a marca deu mais destaque ao Sandero, que perece ser a “bola da vez” em sua linha de produção. Mas a “vedete” do evento foi mesmo o novo motor 1.6 8V agora chamado de Hi-Power. Não confunda com o da Volkswagen que usa o mesmo nome “Power” em seus motores. Segundo a marca, o novo propulsor teve suas alterações realizadas pela equipe de desenvolvimento de motores do Renault Tecnologia Américas (RTA), centro de engenharia, criado para desenvolver produtos voltados à necessidade e ao perfil dos consumidores latino-americanos.

Após 36 meses de trabalho intenso, 7 mil horas de ensaios em laboratório para validação e 40 protótipos testados o motor ficou pronto para rodar. A marca afirma que foram adicionadas 51 novas peças que resultaram em uma curva de torque mais linear e deixou o motor mais econômico. O novo motor 1.6 8V Hi-Power tem como principais mudanças: Aumento da taxa de compressão do motor, passando de 9,5:1 para 12:1, Nova Central Eletrônica, com mais capacidade de armazenamento e com mais  velocidade de processamento de informações, adoção de bielas forjadas, com novo aço mais resistente e mais leve (o peso foi reduzido de 532g para 501g, cada).

A evolução na matéria-prima das bronzinas, com material mais resistente ao desgaste e à fadiga, nova junta do cabeçote composta por três lâminas de vedação, do tipo “sanduíche”, que possui como características principais a robustez e o alto nível de resistência às pressões geradas pela combustão do motor, corpo de borboleta com a inclusão do 5º bico injetor de seis furos, novo eixo do comando de válvulas, visando adequar a operação de abertura/fechamento das válvulas de admissão e escape ao aumento da taxa de compressão e novos pistões, adequados para o aumento da taxa de compressão. Alem de um novo motor de partida.

 

Os modelos equipados com essa nova motorização são, aproximadamente, 10% mais econômico no ciclo urbano e 5% ao trafegar do trânsito rodoviário. Comparando-se com o antigo Hi-Torque, o novo propulsor Hi-Power que passa a equipar Sandero e Logan anotou ganho de 10% na potência, usando etanol (E100), e 2,5% com gasolina (E22). São 106 cv e 98 cv, respectivamente. Enquanto o torque teve uma melhora de até  7% a mais, ou seja, 15,5 kgfm. O número com gasolina foi mantido em 14,5 kgfm. Com isso a velocidade máxima passa a ser de 174 km/h (com etanol) e 172 km/h (com gasolina). A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 11,2 segundos (com etanol) e em 11,8 segundos (com gasolina). O Hi-torque precisava de 11,7 segundos e 12,1, segundos, respectivamente. Oferecido apenas com cambio manual feito pela Renault no Chile, incluem mudanças nas relações de marchas, para beneficiar o consumo de combustível, o automático ficou com o motor 1.6 16V.

A antiga série especial de 2010, Sandero GT Line, passa a ser versão de série na linha 2013. Com poucas mudanças em relação à antiga série limitada, a versão atual traz como destaque os novos pára-choques dianteiro e traseiro, mais esportivos foram criados pela equipe do Renault Design América Latina (RDAL). Além de faróis com máscara negra e os faróis de neblina com moldura preta, monograma estilizado com a inscrição “GT Line”, entre a grade frontal e a tampa do capô, ao lado do farol esquerdo, adesivos esportivos, fixados na parte superior das portas, avançando sobre os pára-lamas, retrovisores e aerofólio são na cor preto brilhante e as rodas 15 polegadas, em liga leve, também na cor preta, têm desenho exclusivo. Na parte traseira chamam a atenção as lanternas traseiras escurecidas e o extrator de ar integrado ao pára-choque.

Por dentro, destaque para a cor vermelha predominante, que surge nos cintos de segurança e nas costuras do banco. O tecido dos assentos conta ainda com desenhos em relevo os encostos de cabeça dianteiros possuem a inscrição “GT Line”. Volante e manopla de câmbio são em couro. O quadro de instrumentos traz o relógio do conta-giros se destaca do restante do conjunto por apresentar um fundo branco, em contraste com o ponteiro na cor vermelha. Completo de fábrica o Sandero GT line traz: ar-condicionado, direção hidráulica com regulagem de altura, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas, farol de neblina, computador de bordo, rodas de liga leve de 15 polegadas na cor preta, rádio com CD e MP3 (do tipo double DIN) e comando satélite na coluna de direção. Completam a lista os importantes itens de segurança: freios com sistema ABS e airbags para motorista e passageiro. Seu preço é de R$ 38.470 ainda com o IPI reduzido. São quatro diferentes opções de cor: Branco Glacier, Vermelho Vivo, Prata Etoile e Preto Nacré.

A linha 2013 recebeu itens de série novos. O Logan Authentique 1.0 16V Hi-Flex, por exemplo, ganha calotas integrais, desembaçador traseiro, manopla de câmbio com acabamento em alumínio, puxador ergonômico na porta e logotipo Renault cromado no centro do volante. Já os componentes que integravam o Pack Conforto (ar-condicionado, direção hidráulica, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas, faróis de neblina e computador de bordo) agora são de série na versão Expression (1.0 e 1.6). o Sandero Expression (1.0 e 1.6) recebe ar-condicionado, direção hidráulica, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas, computador de bordo, faróis de neblina e alarme. A versão 1.6 passa a conta ainda com rodas de liga leve com novo desenho.

Confira a tabela de preços da linha 2013:

Sandero 1.0 16V Authentique — R$ 27.030
Sandero 1.0 16V Expression — R$ 32.610
Sandero 1.6 8V Expression — R$ 35.930
Sandero 1.6 8V GT Line — R$ 38.470
Sandero 1.6 8V Privilège — R$ 38.470
Sandero 1.6 16V Privilège automático — R$ 41.750
Sandero 1.6 8V Stepway — R$ 40.660
Sandero 1.6 16V Stepway Rip Curl automático (série limitada) — R$ 41.150
Sandero 1.6 16V Stepway automático — R$ 44.870

Logan 1.0 16V Authentique — R$ 26.450
Logan 1.0 16V Expression — R$ 31.770
Logan 1.6 8V Expression — R$ 35.480
Logan 1.6 16V Expression automático — R$ 39.230

*Viagem a convite da Renault

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Esse Sandero GT line originalmente tinha o motor 1.6 16 válvulas que equipa o Sandero e o Logan automáticos, que realmente dava a sensação de um desempenho esportivo, agora essa nova versão do GT line vai ter motor 1.6, mas de 8 válvulas, será que esse “downsizing” vai deixa-lo mais lerdo???

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo