NotíciasReportagens

Coluna #Transito e Vidas por Mário Divo

O futuro está mais próximo!

Como sempre, buscamos trazer assuntos atuais que apontam para uma nova realidade aos motoristas, seja tratando-se de mobilidade, segurança, conectividade ou mesmo das cidades inteligentes. O mais interessante é que já existem investimentos, pelas grandes marcas mundiais, que reúnem todos esses requisitos. Portanto, não poderia deixar de comentar esta informação encaminhada pela assessoria de imprensa da Bosch alemã.

Segundo a informação, a Bosch e a Daimler firmaram uma parceria para o desenvolvimento de um sistema especializado voltado a veículos totalmente automatizados (nível SAE 4 – alta automação, ou seja, desempenho do modo de condução por um sistema automatizado, mesmo se o condutor humano não responder adequadamente a uma necessidade de intervenção) e sem motorista (nível SAE 5 – automação total, ou seja, desempenho em tempo integral por um sistema de condução automatizado em todas as condições de estrada e ambientais que podem ser gerenciados por um motorista humano).

O objetivo é o desenvolvimento em conjunto de software e de algoritmos para um sistema de direção autônoma. O projeto contará com a ampla experiência da Daimler – a fabricante líder mundial em carros premium – e a expertise da Bosch, maior fornecedora automotiva mundial, em sistemas e hardware. As sinergias serão estreitadas para tornar essa tecnologia o mais breve possível.

Ao promover um sistema totalmente automatizado e sem motorista na condução urbana, que deverá estar disponível até o início da próxima década, a Bosch e a Daimler buscam melhorar o fluxo do tráfego urbano, aprimorar a segurança rodoviária e construir um importante alicerce para a mobilidade do futuro.

Espera-se que essa tecnologia amplie a atratividade do compartilhamento dos carros, permita que os usuários façam melhor uso do tempo quando em trânsito e abra novas oportunidades de locomoção para quem não é condutor. E ainda mais, dentro de uma área urbana predeterminada, as pessoas poderão melhor usar seus smartphones para agendar o compartilhamento de um carro ou de um táxi autônomo para levá-los até seus destinos.

Mario Divo é o Diretor Executivo do ACBr – Automóvel Clube Brasileiro e também é o Clube Correspondente da FIA – Federação Internacional do Automóvel

 

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo