CarrosNotícias

Coluna Mecânica Online® Nº 40 | Tecnologia como diferencial na compra do automóvel

Fotos: Divulgação

O que define a compra de um automóvel para você? Para alguns a necessidade direta como espaço interno, capacidade de passageiros, design externo ou mesmo interno, amplo pacote de itens de segurança, tamanho, altura, motorização, consumo, e claro, preço, podem ser considerados fatores determinantes para a escolha de um novo modelo, mas será que não está faltando tecnologia em seu veículo?

Falo isso pois observo que em nosso mercado algumas marcas tem considerado outros fatores como mais importantes que elementos que possam agregar tecnologia, principalmente segurança para uma condução mais tranquila.

Às vezes ter o modelo que é destaque na novela ou mesmo que esse ou aquele jogador possui pode ser a “onda” do momento, está na moda, mas será que você fez a melhor escolha?

Já pensou na importância do ABS e airbag? Com foco na segurança preventiva o sistema de frenagem ABS permite uma condução mais segura e pode influenciar no acontecimento ou não de um acidente. Já vi marcas oferecendo de série o airbag e deixando como opcional o ABS. Deveria ser o contrário, não? Que bom que vai ser obrigatório ter os dois no próximo ano.

Já o sistema de viva voz que permite atender o celular diretamente via Bluetooth, muitas vezes com um simples comando no volante do veículo, além de atender os requisitos da legislação, mantém o motorista atento na condução do veículo na estrada. Item que pode ser encontrado como opcional em modelos compactos com preço na faixa de R$ 30 mil, pode não vir nem mesmo como item de série ou opcional em modelos que custam o dobro desse valor. Já observei motoristas com veículos bem mais caros pendurados no telefone celular. Multa merecida! Sem falar no risco de um acidente.

Itens de comodidade que também refletem na segurança como faróis com sensor crepuscular, que permite o acendimento automático em função da claridade externa, que chegue a noite ou mesmo durante a passagem por um túnel. Limpador de para-brisa que automaticamente alterna sua velocidade em função do volume da chuva, retrovisor interno eletrocrômico que diminui a incidência da iluminação do farol do veículo que vem atrás diretamente na visão do motorista, travamento automático das portas a partir de uma determinada velocidade e até mesmo a ativação por toque único dos vidros das portas (one touch e antiesmagamento) garantem uma condução mais tranquila e segura para todos.

O que para você pode parecer simples, para algumas marcas são critérios na configuração do veículo. Entenda a diferença entre um simples apertar no comando da chave e travar as portas e fechar os vidros automaticamente, ou ficar com um botão acionado por todo o tempo até que os vidros subam totalmente. Parece simples, mas no dia-a-dia faz diferença.

Hoje já encontramos veículos que basta você vir com a chave no bolso e ao pegar na maçaneta a porta já abre, tocar diretamente no botão “start engine” e já acionar o motor. É possível até mesmo acionar o motor a distância, via comando na chave, permitindo assim que o ar condicionado entre em ação e garanta uma temperatura mais confortável quando do seu acesso. Soluções inteligentes e simples para o motorista como passar o pé por baixo do porta-malas e o mesmo abrir automaticamente, facilitando o acesso.

Na hora de comprar seu próximo veículo pergunte ao vendedor o quanto de tecnologia o modelo vai lhe oferecer para uma condução mais segura, quer seja através dos itens de segurança ativa e passiva, quer por itens de comodidade que vão manter sua atenção na direção correta com mais facilidade, mesmo que esteja fazendo sol ou chovendo, de dia ou de noite.

MECÂNICA ONLINE NEWS

·         Quando é hora de parar? – Se de um lado podem ser considerados um risco para o trânsito, de outro são, comprovadamente, quem menos infringe as leis ao dirigir e quem menos se envolve em acidentes. A constatação vem de pesquisa realizada pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), cujo resultado mostrou que 97% dos idosos que participaram do estudo não se envolveram em acidentes nos últimos cinco anos, nem foram multados no último ano.

·         Ethanol Summit 2013 – “Se não adquirirmos escala mundial, o etanol brasileiro não será viável no longo prazo”. A avaliação foi feita pelo presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Mauro Borges Lemos. Segundo ele, o melhor caminho para o ganho de escala é transformar o etanol em commodity. “É a nossa grande chance no longo prazo. Temos que ter o produto com características homogêneas e, ao mesmo tempo, com flexibilidade para ser complementar a outros combustíveis”.

·         O carro das mulheres – Ford New Fiesta conquistou o prêmio internacional “Carro do Ano 2013 das Mulheres”, numa eleição feita por editoras e especialistas do setor automotivo de diferentes países. A eleição é a única do mundo definida por um júri inteiramente feminino.

·         Recordes – O primeiro semestre de 2013 foi o melhor da história em licenciamento e produção de autoveículos, segundo balanço divulgado pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, Anfavea. A indústria licenciou nos primeiros seis meses deste ano 1,80 milhão de veículos, que representa alta de 4,8% quando comparado as 1,72 milhão do mesmo período de 2012.

Contatos do autor: Tarcisio Dias – Profissional e Técnico em Mecânica, além de Engenheiro Mecatrônico e Radialista, é gerente de conteúdo do Portal Mecânica Online® (www.mecanicaonline.com.br) e desenvolve a Coleção AutoMecânica. E-mail: [email protected]

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo