AvaliaçõesJACTestes

Avaliação – JAC T50 1.6 CVT – Pack3 – 2019

Fotos: Derek Flores

O segmento é o que mais cresce no país, e a chinesa JAC não quer ficar de fora dessa briga pelo mercado dos SUVs. Depois do lançamento e do aumento das vendas do T40, o SUV compacto da marca, chegou a hora de mexer no irmão maior T5, que recebeu diversas mudanças e agora se chama T50. O CarpointNews avaliou na versão mais completa, PAC3, custando R$ 89.990, e considerada uma das mais recheadas do segmento.

A primeira impressão ao olhar para T50 por fora é bem positiva. O visual do carro é bem moderno com linhas mais angulosas, parachoques maiores, frente agressiva e lanternas traseiras de LED que trazem um aspecto bem contemporâneo e encorpado para o SUV. Falando de tamanho, são 4,34m de comprimento com um entre-eixos de 2,56m, 1,76m de largura e 1,64m de altura. O porta malas é um dos maiores do segmento, com capacidade de 600 L de carga.

O conjunto mecânico é o mesmo do irmão mais novo: motor 1.6 de 138 cavalos com câmbio CVT. Mas não espere um desempenho estrondoso, pois o câmbio CVT trabalha de maneira bem lenta, demorando um pouco para entregar a rotação ideal em determinadas situações na cidade. A falta de borboletas para troca de marchas é sentida quando é necessária uma troca com mais agilidade. Na estrada, o comportamento é um pouco melhor, talvez por não existirem tantas trocas de marchas, mas a impressão é de um carro mais solto e um pouco mais valente. O isolamento acústico da cabine também chama a atenção em rodovias, deixando o ruído do motor em um nível bom, principalmente em altas rotações.

 Mas o grande trunfo do T50 está na parte de dentro. O espaço interno é bom e acomoda bem os 5 passageiros. Os bancos, revestidos em couro, tem boas formas que confortam e seguram o motorista, mesmo em viagens longas. O acabamento interno tem algumas partes em plástico duro, mas no geral agrada pelo bom encaixe das peças. No painel central, uma tela saltada de 8 polegadas e um acabamento macio dão um ar de sofisticação para o SUV. A lista de equipamentos impressiona qualquer um: chave presencial, ar-condicionado digital, sistema start-stop, assistente de partida em rampa, controle de estabilidade e tração, monitoramento de pressão dos pneus, rebatimento elétrico dos retrovisores, sensores de estacionamento, além de uns dos diferenciais da marcas, o sistema de câmera frontal (onde é possível gravar toda viagem em um cartão de memória através da câmera frontal do para-brisa) e o sistema de estacionamento 360, o mesmo adotado na versão topo de linha do Nissan Kicks.

A central multimídia, exibida na tela de 8 polegadas no painel, é simples para operar e tem uma interface muito parecida com os dispositivos da Apple, mas não oferece suporte ao Android Auto e nem ao Apple Car Play. O único recurso é um espelhamento de tela mirror link, mas que não é simples de configurar e até perigoso para operar durante viagens. O sistema também conta com uma saída USB no painel e outra para os integrantes do banco de trás.

O T50 pode ser uma boa opção para quem procura um SUV que entrega  bom espaço interno, um dos maiores porta-malas da categoria e uma lista de equipamentos que até hoje só vimos nos concorrentes em versões topos de linha, que ultrapassam os R$100mil.

Confira as Versões: Pack 2 – R$ 85.990 –  Direção com assistência elétrica variável, ar-condicionado automático de uma zona, bancos com acabamento de tecido sintético, trio elétrico, assistente de partida em rampa, controles de estabilidade e tração, sistema de monitoramento da pressão dos pneus, alarme, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, assentos traseiros com Isofix para a fixação de cadeirinhas infantis, chave presencial com partida por botão, rodas de 16 polegadas, tomadas USB (uma na dianteira e outra na traseira) e luzes de neblina dianteiras e traseiras.

Pack 3  –R$ 89,990 – Acrescenta: câmera frontal, câmera 360º, câmera de ré, rebatimento elétrico dos retrovisores, luzes diurnas de LED, rack no teto, volante revestido de tecido sintético, piloto automático e central multimídia com tela de 8 polegadas.

*FICHA TÉCNICA

Motor: 1.6 de 4 cilindros 16V

Potência: 138 cv a 6.000 rpm

Torque: 17,1 kgfm a 4.000 rpm

Transmissão: Automática tipo CVT

Tração: Dianteira

Freios: Disco ventilado na dianteira e sólido na traseira

Direção: Elétrica

Suspensão Dianteira: Independente, McPherson

Suspensão Traseira: Eixo de torção

Rodas e Pneus: Liga-leve de 16 polegadas – 205/55

Dimensões: 4,34m de comprimento, entre-eixos de 2,56m, 1,74 de largura e 1,64m de altura.

*Dados do fabricante

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo