AvaliaçõesJACNotícias
Tendência

Avaliação – JAC T80 2.0 DCT6 2020

Com sete lugares SUV tem bom preço e acabamento de luxo para convencer os clientes dos modelos alemães

Por Derek Flores (texto e fotos)

Conforto, requinte e bom espaço. Esses são os principais atributos do SUV de 7 lugares da JAC motors que desembarcou aqui no Brasil no início do ano passado. O T80 chegou no mercado nacional com um novo conceito, quebrando qualquer preconceito com carros chineses e colocando o SUV em um posto alto na acirrada disputa do segmento. Top de linha da marca chinesa, o SUV é vendido por aqui a partir de R$ 150.990 e esbanja no tamanho: são 4,79 metros, 2 centímetros mais que a Hyundai Santa Fé.

Se espaço é o que mais chama atenção, os 5 ocupantes principais do T80 viajam confortavelmente, isso graça ao entre-eixos de 2,75m. Quando levantamos a terceira fileira de bancos é possível reduzir um pouco os espaços das pernas da segunda, melhorando a vida dos 2 ocupantes do porta-malas. Com essa configuração os 2 novos ocupantes podem ter até 1,73m para viajar confortavelmente em uma estrada mais longa.

É claro que com a ocupação máxima não sobra muito espaço para volumes no porta-malas, apenas cabem algumas bolsas pequenas e mochilas. Já com a configuração de 5 lugares, a capacidade do porta-malas é de 620 litros, e com todos os bancos rebatidos, chega aos 1.550 litros.

O acabamento, em muitos pontos macio ao toque, chama a atenção e dá um toque luxuoso ao SUV. As saídas redondas de ar do painel lembram alguns modelos da Mercedes Benz, e os bancos em couro tem uma delicada costura e acabamento refinado. Ainda no centro do painel o JAC traz um pequeno relógio analógico e um acabamento que imita fibra de carbono que pode dividir as opiniões entre os proprietários.

A lista recheada de equipamentos deixa o T80 em uma posição bem competitiva entre os rivais. Na parte externa, destaque para luzes diurnas em LED, espelhos com rebatimento elétrico, acendimento automático dos faróis, monitoramento de pressão dos pneus e sensor de chuva. No quesito segurança, o JAC traz controle de tração e estabilidade, assistente de partidas em rampas, 6 airbags, câmera frontal, traseira e 360 graus, além de sensores de estacionamento frontais e traseiros.

No Cockpit, o T80 vem com uma boa posição de dirigir e bancos ajustados eletronicamente, apesar da falta de regulagem de profundidade de volante. O painel de instrumentos tem 12 polegadas é 100% digital, mas poderia ter mais opções de personalização. O Ar condicionado é Bi Zone e oferece também 2 saídas para os ocupantes do banco traseiro.  Um grande diferencial é o sistema de aquecimento e refrigeração dos bancos frontais que podem ser acionados individualmente pelo console central.

A central multimídia que equipa o JAC tem 10 polegadas e uma boa sensibilidade ao toque, porém não traz suporte ao Apple Car Play e Android Auto. O único recurso é um espelhamento de tela, que ainda depende de um aplicativo especial no smartphone, o que deixa o T80 em uma posição muito desfavorável no quesito conectividade.

O SUV é equipado com motor 2.0 Turbo de 210 cavalos que se mostra bem suficiente e até faz você colar no banco quando pisa fundo e recebe potência da turbina. Já o câmbio, de dupla embreagem e seis marchas, chega a ofuscar um pouco a tamanha potência do motor, com trocas lentas e falta agilidade do sistema.

Ao volante, o T80 é macio ao dirigir, prezando o conforto e gostosa vida a bordo, que ainda pode ser incrementada com um único pacote de opcionais que inclui teto solar panorâmico e o sistema de som premium com 10 alto-faltantes e 250W de potência. O JAC T80 faz o consumidor pensar bastante quando procura um carro 7 lugares atrelado a uma boa motorização, acabamento premium e bom preço. Tudo isso deixa o SUV da JAC em uma boa posição seu principal concorrente, a VW Tiguan.

*FICHA TÉCNICA

Mecânica

Motorização 2.0

Combustível             Gasolina

Potência (cv)            210

Torque (kgf.m)         30,6

Velocidade Máxima (km/h)           217

Tempo 0-100 (s)      9,2

Câmbio          dupla embreagem man.sequ.com modo auto de 6 marchas

Tração           dianteira

Direção          elétrica

Suspensão dianteira          Suspensão tipo McPherson e dianteira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Suspensão traseira            Suspensão tipo multibraço e traseira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Dimensões

Altura (mm)   1.760

Largura (mm)           1.900

Comprimento (mm)             4.790

Peso (Kg)      1.775

Tanque (L)    64

Entre-eixos (mm)     2.750

Porta-Malas (L)        620

Ocupantes    7

*Dados do fabricante

 

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo