AvaliaçõesGMTestes

Avaliação – Chevrolet Tracker Premier 1.4 16V Ecotec Flex Aut. 2018

Fotos: Marcus Lauria

Após revelar o Equinox em sua versão mais sofisticada, a Premier, e incorporar inovações ao Trailblazer, a Chevrolet passa a investir no Tracker, que ganha a sua versão mais completa com o mesmo sobrenome do seu “irmão” maior, e passa a incorporar mais tecnologias para posicionar-se entre os melhores SUVs urbanos do mercado nacional.

Com essa nova versão o Tracker chega à linha 2018 com maior oferta de itens de comodidade e segurança. Entre os principais itens, posso destacar o controle eletrônico de estabilidade, controle de tração e assistente de partida em rampa, além da opção de alerta de colisão frontal e de alerta de saída de faixa. Além de detalhes como os retrovisores externos com repetidores de sinalização e nova cor metálica Vermelho Glory, sendo estas extensivas também à configuração de entrada LT.

Entre outros itens de conforto o Tracker vem equipado com direção elétrica com ajuste de altura e profundidade controle de velocidade de cruzeiro, telemática avançada OnStar e multimídia MyLink com Android Auto e Apple CarPlay.

Ar-condicionado, sistema Isofix para fixação de cadeirinha infantil, sistema de som com 6 alto-falantes com tweeter, além de retrovisores elétricos, travas e vidros elétricos com comandos na chave e computador de bordo com indicador da vida útil do óleo em percentual também são de série desde a configuração de entrada.

Com um tamanho ideal para andar em nossas ruas, o Tracker tem 4.258 mm de comprimento, 1.776 mm de largura e 2.555 mm de entre-eixos. Os 162 mm de altura em relação ao solo facilitam na hora de encarar buracos ou desníveis no asfalto, enquanto a capacidade máxima do porta-malas varia de 306 a 735 litros, conforme a configuração dos bancos.

Para o consumidor são oferecidas cinco opções de cores: Branco Summit, Preto Ouro Negro, Prata Switchblade, Cinza Graphite e a inédita Vermelho Glory. A garantia do veículo é de três anos.

Como essa é a versão mais completa e “sofisticada”, a Chevrolet deu uma atenção maior no acabamento interno, os bancos e o painel são revestidos com material e acabamento especiais. Como o “soft touch” aplicados em outras áreas de contato, como os apoios de braço e painéis de portas. Os porta-objetos do console central, por exemplo, são emborrachados para otimizar o nível de silêncio a bordo.

No interior do veículo, o tom preto Jet Black predomina, enfatizando as formas e superfícies principais. A costura dos bancos, volante e painel são do tipo pespontadas e as molduras do sistema multimídia, dos comandos do ar-condicionado e da alavanca de câmbio são em preto brilhante.

O Tracker Premier chega bem completo, além dos itens citados acima, o modelo traz de série: Faróis dianteiros tipo projetor com luz diurna em LED; Lanterna de LED; Sensor de estacionamento traseiro; Regulagem de altura dos faróis; Banco do motorista com regulagem elétrica lombar e descansa braço; Banco dianteiro do passageiro com encosto rebatível; Descansa braço traseiro com porta-copos; Easy entry; Partida sem chave; porta-objetos embaixo do banco do passageiro; Porta-óculos no teto; Sombreira do motorista e passageiro com espelho e iluminação; Tapetes em carpete; Volante com revestimento premium; Rodas aro 18 e Teto solar elétrico.

Para identificar a versão Premier é fácil, basta ficar atento aos detalhes como os cromados na base das janelas laterais, na tampa traseira e nas maçanetas. Um logo específico na base direita da tampa traseira identifica a configuração.

Equipado com um motor 1.4 turbo Flex com injeção direta de combustível que entrega 153 cv de potência e 24,5 kgfm de torque, sendo 90% dessa força disponível a apenas 1.500 rpm, o Tracker acelera bem e tem ótimas retomadas, porém fica devendo no consumo, que no nosso dia a dia de teste foi bem baixo, chegando aos 8 km/l com gasolina, mesmo com o sistema Stop/Start, que desliga o motor temporariamente em paradas, para economizar combustível. O propulsor trabalha em conjunto com a transmissão automática de seis velocidades de última geração, com engates precisos e sem trancos, proporcionando conforto a bordo. De acordo com a marca, o Tracker faz de 0 a 100 km/h em 9,4 segundos. A velocidade máxima é próxima dos 200 km/h.

O Chevrolet Tracker Premier é a versão topo de linha do SUV da marca, ele custa R$ 99.490, mas se você quiser optar pela versão de entrada LT, o valor cai para R$ 87.990, mas nesse caso, você perde itens como alerta de ponto cego, câmera de ré e teto solar elétrico, além de acabamento interno premium. Opcionalmente o Premier tem a cor metálica por mais R$ 1.500 e mais R$ 3.200 pelo pacote 1SF, podendo chegar ao total de R$ 104.190.

CONTINUA NA PÁGINA 2

1 2Próxima página
Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo