AvaliaçõesTestesVW

Avaliação – VW Jetta Variant 2.5 2011

Fotos: Marcus Lauria e Raphael Machado

Apresentado em março do ano passado, a nova Volkswagen Jetta Variant chegou de cara nova e com novos itens de série e opcionais de encher os olhos e esvaziar os bolsos, exatamente nessa ordem. A “perua” chega importada do México e é derivado do sedan, que não é mais vendido aqui, substituído pela nova geração. A Station Wagon da marca alemã sofreu mudanças na parte dianteira, e ficou com a “cara” do Golf VI europeu, os faróis e a grade acompanham a nova identidade visual da marca.

Na época do lançamento, os executivos da marca afirmaram que homologação para trazer o Jetta Variant que foi apresentado mundialmente em setembro do ano passado no Salão de Frankfurt, na Alemanha, demorou cerca de seis meses, feitos antes mesmo do lançamento mundial.

Na parte externa, a dianteira segue nova identidade visual da marca e exibe os novos faróis angulares com máscara negra e a nova grade na cor preta. Na parte traseira, nada foi alterado, mantendo-se o mesmo desenho da versão anterior, apenas a nova lanterna traseira ganhou acabamento fumê. Visto de lado, destacam-se as novas rodas de 17 polegadas, com 10 raios, modelo “Porto”, que deixa o visual do carro mais equilibrado. No teto, se sobre saem as travessas em preto fosco que permite a fixação de bagageiros ou racks. Além da discreta e estilosa antena estilo “shark”.

Por dentro, o acabamento é típico de um carro de luxo, tudo no lugar certo. Os plásticos são de qualidade e agradáveis ao toque dos dedos, o painel faz conjunto com os elementos em alumínio e detalhes cromados. Não faltam luxos, como o excelente banco de couro, que segura bem o motorista nas curvas mais fechadas, além de ser macio, o que favorece o conforto em longas viagens.

O volante com três raios revestido de couro tem uma excelente empunhadura, que com o ajuste total dos bancos e volante, facilita para achar a posição ideal de dirigir.  Além do excelente rádio e cd-player mp3 RCD 510 com tela de 6,5 polegadas sensível ao toque, com 10 altofalantes, que reúne ainda os comandos do ar-condicionado digital “dual zone” e a tela com a câmera de ré (opcional). O painel de instrumentos foi renovado, trazendo ao centro um display digital multifunções, com o computador de bordo.

1 2 3Próxima página
Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

4 Comentários

  1. Tenho uma dessas completa, igual à da avaliação só que preta.
    Peguei ela em novembro do ano passado e nesses 10 meses com ela só tive alegrias.
    Unico leve porém é o consumo, mas não é nada que irrite.

    Quem comprar uma estará muito bem servido.

  2. O carro é maravilhoso em todos os sentidos, ja tive 02 Jetta Variant e a minha atual uma 2011 completa, que é conhecida como uma XTUDO, o carro é recheado de itens de segurança e conforto, quem não tem uma, e pode ter, com certeza não irá se arrepender, é um ótimo carro e não fica devendo para nenhuma marca Premium como BMW,Audi, Volvo, Mercedez etc… e o preço de uma completa com teto, xenon, Banco couro Bege, Aquecedor dos bancos dianteiros, sistema de som diferenciado com entrada para Ipod e Iphone e toque na tela, custa em torno de R$ 95.000,00 , e sem contar o Motor canhão de 170 cv, 2.5 cilindros que da um toque todo especial ao carro, não da nem para comparar com uma BMW X1 que vale R$ 125.000,00, tá louco!!!!!!!!a BMW X1 fica no cheinelo!!!!!!!!

    Jetta Variant 2011 é um prazer dirigir!!!! Palavras de quem tem o veiculo!!!.. consumo cidade 7 a 8 por Ltr. e estrada 12 a 13 por ltr. ok! Espero ter ajudado quem estiver em duvida em adquirir esta nave!!!!

  3. Klecius, boa tarde!

    Estou interessado na Jetta Variant, e fuçando na internet vi a sua opinião e conhecimento do carro, ja que teve 2.
    Será que poderia me enviar se e-mail para trocarmos algumas “figurinhas” e assim eu ter a total certeza na compra da Variant?
    Aguardo,

    Att.

    Pedro

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo