AvaliaçõesTestesVW

Avaliação – Volkswagen Up! 1.0 12V BlueMotion Move-up! 4p 2015

Fotos: Marcus Lauria

Pense em um carro fácil de dirigir, esperto no trânsito caótico de nossas cidades e que ainda é muito econômico. Pois bem, esse carro existe e se chama Volkswagen up!. A marca alemã parece saber a fórmula certa para agradar o consumidor brasileiro quando o assunto é automóvel. Porém, é fato, nem todos concordam. Na dúvida, não deixe de conhecer de perto o novo modelo da marca, que chegou para inovar o mercado nacional com soluções simples e modernas.

O up! já é vendido na Europa desde 2012 e chega ao Brasil com um currículo invejável no segmento dos compactos. Foi o modelo que atingiu a melhor classificação no índice de reparabilidade do CESVI Brasil entre todos os carros avaliados pelo instituto. Na categoria dos veículos com motor flex, com ar-condicionado e direção assistida, segundo informações da Volkswagen, o compacto mostrou-se o mais econômico do Brasil no Programa Brasileiro de Etiquetagem do INMETRO. E foi o primeiro automóvel da categoria a receber cinco estrelas para a proteção de adultos pelo Latin NCAP, com quatro estrelas para a proteção de crianças.

O Move up!, avaliado pelo site por 15 dias, se saiu muito bem. Usado sempre em trajetos urbanos, o modelo apresentou consumo e desempenho satisfatórios. O carro revela linhas simples, que combinam modernidade com estilo retrô. E que, de maneira geral, agradou a maioria das pessoas consultadas ao longo do teste. Seu desenho exibe linhas arredondadas na parte dianteira e retas na traseira, formando um conjunto harmonioso.

Por dentro, tudo é simples, mas com uma boa ergonomia. O modelo deixa tudo à mão do motorista e demais passageiros. O rádio e os controles de climatização estão localizados no centro do painel para facilitar o manuseio. O porta-malas, apesar de pequeno, com apenas 285 litros, é o maior do segmento. Além disso, conta com uma “bandeja” que permite regular o nível do piso do compartimento, permitindo separar o armazenamento de cargas distintas. De série, ele traz sistemas Isofix e top-theter de fixação de cadeirinhas para crianças.

A posição de dirigir é achada facilmente e o volante tem o tamanho ideal para uma condução segura. Com apenas 3,60 metros de comprimento e entre-eixos de 2,42 metros, o VW up! é o carro de menor comprimento já produzido em série no Brasil. Com isso, manobra-lo e conduzi-lo é fácil, principalmente com a direção com assistência elétrica opcional, presente no modelo testado. Uma comodidade que torna as manobras mais leves e até divertidas. O volante, à primeira vista, lembra o do novo Fusca e revela um bom aspecto visual.

Além disso, tem uma empunhadura quase perfeita. Para frear, o up! conta com um sistema de freios ABS mais atual, com dois estágios de atuação. Caso as frenagens sejam mais suaves, o conjunto prioriza a melhor modulação. Se necessária uma força maior de frenagem, em situação de emergência, um segundo estágio é ativado e a assistência do servofreio torna-se maior, diminuindo a pressão que o condutor precisa colocar no pedal e realizando a parada do carro com rapidez e eficiência.

Sob o capô, está o eficiente e moderno motor três cilindros 1.0 12V (999 cm³), que estreou no Fox BlueMotion em julho do ano passado. Ele rende 82 cv a 6.250 rpm e 10,4 kgfm de torque a 3.000 rpm, ambos com etanol, e 75 cv a 6.250 rpm e 9,7 kgfm de torque quando abastecido com gasolina. Números que dão ao up! a melhor potência entre os 1.0 à venda no Brasil atualmente. Em conjunto, está o bem escalonado câmbio manual de cinco marchas, com trocas suaves e engates curtos. Conjunto esse conhecido e aprovado pela maioria dos consumidores da marca. Há ainda a opção da transmissão automatizada de cinco velocidades, a I-Motion. Para tê-la, o consumidor precisa desembolsar mais R$ 2.100 nesta versão.

O motor é um dos destaques do carro, com avanços tecnológicos que priorizam a economia. Entre as novidades estão as válvulas de admissão com comando variável, sistema de ignição com uma bobina por cilindro – o que elimina os cabos de vela – e partida a frio aquecida, que dispensa o “tanquinho” de gasolina. Durante o teste, o seu consumo foi em média de 17,4 Km/l, segundo informações do computador de bordo, sempre com gasolina e ar-condicionado ligado.

A versão avaliada Move up! parte de R$ 28.890 com duas portas e R$ 30.890 com quatro, como na versão testada. De fábrica, traz para-sol no espelho do passageiro, tomada 12V no console central, rodas aro 14” com pneus 175/70 R14, retrovisores externos e maçanetas na cor do veículo, computador de bordo com dez funções, conta-giros, antena no teto, faróis com máscara escurecida e o sistema “s.a.v.e”, que permite a regulagem do piso porta-malas. Entre os itens opcionais, estão aquecimento (R$ 467), ar-condicionado (R$ 2.800), direção elétrica (R$ 1.260), um kit com sistema de alarme com comando, retrovisores externos com luzes de direção integradas e elétricos e vidros dianteiros e travas também elétricos (R$ 1.130), rodas de liga-leve aro 14 (R$ 487), quatro alto-falantes e dois tweeters (R$ 235), som com rádio, CD player, Bluetooth, MP3 player e entradas USB e auxiliar (R$ 538), faróis e lanternas de neblina (R$ 274), sensor de estacionamento traseiro (R$ 335) e bancos em couro sintético (R$ 680). As cores metálicas acrescentam R$ 1.046, o amarelo Saturno mais R$ 1.574.

Um diferencial bem marcante no up! é a opção de instalar uma central multimídia, a partir da versão Move up!. Chamada “maps & more”, ela é encaixada no centro do painel, acima dos controles do sistema de ventilação, e conta com navegador integrado, além de exibir os dados do computador de bordo. O preço é R$ 1.200, mas sua instalação só pode ser feita se o cliente adquirir junto o kit de preparação com sistema de som e os alto-falantes. Ou seja, no total, é preciso pagar R$ 2.070 pelo conjunto.

A expectativa da marca é vender 120.000 unidades/ano do modelo. E, de acordo com a montadora, a versão mais procurada tende a ser mesmo a testada, a intermediária “Move”, com participação em torno de 40% do mix de vendas. Seus principais concorrentes são: Fiat Uno e Palio, Ford Ka, Chevrolet Celta e Onix.

1 2Próxima página
Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo