AvaliaçõesTestesVW

Avaliação – Volkswagen Gol EcoMotion “G4” 2010

Fotos: Marcus Lauria

O CarPoint News teve a oportunidade de avaliar por uma semana o Volkswagen Gol Ecomotion “G4” 1.0 8V onde teve algumas alegrias e outras tristezas que serão explicadas durante o decorrer do texto. O modelo avaliado não tinha nenhum item de conforto, como direção hidráulica ou ar-condicionado, para não dizer que não vinha com nada, o modelo oferecido para o teste tinha vidro elétricos para as portas, que no modelo avaliado eram duas e um rádio AM/FM sem CD Player. Além do desembaçador e limpador do vidro traseiro. O Gol Ecomotion é a resposta da Volkswagen para a Fiat, que lançou em 2008 no mercado o Mille Economy, que ajudou bastante nas vendas do Uno, que oferecia preço e consumo baixos, conceito esse que foi adicionado à linha Palio de entrada no ano passado. O Gol Ecomotion promete uma economia de 10% em combustível, que busca o consumidor que procura o melhor custo/benefício do segmento.

Por fora nada mudou em relação ao Gol “G4” lançado em 2005, apenas o emblema com o nome “Ecomotion” na tampa do porta-malas e as novas calotas exclusivas da versão econômica, que no modelo avaliado estava quebrada (a traseira direita). O hatch vem com os para-choques pintados na cor da carroceria. Já na parte interna também não existe nada novo, apenas a instalação de um “econômetro”, – ou medidor instantâneo de consumo – digital no centro do painel de instrumentos. A medição do consumo pode ser feita através desse gráfico em formato de meia lua, que aponta o consumo médio medido em barrinhas em uma gradação que vai de 0 km/l até os 30 km/l, bem simples e fácil de entender. Em termos de ergonomia o Gol Ecomotion tem aquele velho problema, onde parece que tudo está torto dentro do carro, como o volante e os pedais posicionados para a esquerda, transmitindo uma certa desarmonia ao conjunto. Mas a dirigibilidade é boa, tirando o problema no capô muito longo que dá a sensação de estar dirigindo aqueles carros dos anos 70. Os plásticos de má qualidade e as rebarbas do acabamento interno dão idéia do projeto antigo do carro, que vem desde a geração 2, conhecida como “bolinha” que só foi gerando mudanças externas e internas até o modelo atual da carroceria antiga.

1 2 3Próxima página
Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo