AvaliaçõesTestesVW

Avaliação – Volkswagen BlackGol 1.0 8V 2012

Fotos: Marcus Lauria

Na tentativa de manter o Volkswagen Gol em evidencia, o que não é difícil, a marca sempre lança séries especiais para destacar o modelo e aumentar ainda mais as vendas do líder do mercado nacional há 25 anos, superando o Fusca, segundo a montadora alemã, desde seu lançamento em 1980, já foram vendidas 5.828.000 unidades no Brasil. A vantagem de algumas séries especiais como o Black Gol é o custo/benefício oferecido pela montadora, geralmente com pacotes bem atraentes ao consumidor, como mais equipamentos e itens diferenciados do modelo de série.

O BlackGol tem produção limitada a 800 unidades mensais, disponíveis até esse mês de junho, quando acaba de ser fabricado. O hatch chama a atenção por fora, apesar de ser um modelo comum no trânsito. O modelo destaca-se pela cor preta da carroceria, que transmite certo ar de respeito. Fazem parte do visual os frisos laterais e para-choques a cor preta, assim como a roda de 14 polegadas, em um tom mais fosco na cor cinza e com desenho exclusivo para essa série limitada.

Na parte interna a Volkswagen resolveu seguir o tema do nome da série e fez o teto na cor preta, com um tecido exclusivo e os bancos com inscrições alusivas à série. Apesar de ser uma versão especial, o itens de série não são nada convidativos, estão lá o sistema de som com entradas USB, Bluetooth e para cartões SD e direção hidráulica. Como opcionais, entram na lista sensores de estacionamento, ar-condicionado e volante com regulagens de altura e profundidade. Por ser uma versão exclusiva, a marca poderia oferecer mais itens no pacote de série.

CONTINUA NA PÁGINA 2

1 2 3Próxima página
Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Como foi dito na matéria: série especial com motor 1.0 não dá, por isso que deixei de simpatizar com os carros da Volks há tempos, pois ela é muito mão de vaca no que diz respeito a liberar acessórios de conforto.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo