AvaliaçõesTestesToyota

Avaliação – Toyota Prius Hybrid 2012

A posição de dirigir é excelente, deixa o motorista bem á vontade, os comandos estão todos à mão, a ergonomia é um dos vários pontos positivos do modelo, para quem vai atrás, sobra espaço para três pessoas com folga. O porta-malas de 455 litros é suficiente para carregar bastante bagagem. Voltando ao painel, um visor mostra como anda o desempenho geral do carro, quanto ao uso da bateria e do motor à combustão, através de um desenho do carro, que exibe setas que mostram para onde está sendo usada a energia disponível.

Um carro hibrido é sempre recheado de tecnologias, e no Prius não é diferente. O condutor pode optar por dirigir somente com o motor à combustão funcionando ou com os dois. Para isso, basta apertar alguns botões para dar as ordens. Entre eles, o mais recomendado é o “Eco”, esse programa reajusta as pisadas no acelerador e câmbio CVT (continuamente variável) deixando o hatch mais calmo e menos gastador, dando mais trabalho ao motor elétrico de 40 cv de potência. Se você optar pelo botão “Power” o carro muda da “água para o vinho”, desta forma entra em ação o motor a combustão com respostas mais rápidas as pisadas no acelerador com o pé direito, mostrando agilidade e disposição para enfrentar retomadas e subidas mais íngremes.

Visando uma maior economia, o motorista pode escolher a opção do modo “EV”, onde somente o motor elétrico entra em ação, porém essa regalia de não poluir o nosso planeta dura pouco, pois essa função só funciona até os 40 km/h e com autonomia de cerca de um quilômetro, isso se a bateria estiver carregada. Esse recurso deixa o carro muito silencioso a ponto de conseguir ouvir os pequenos estalos do freio e da direção quando são movimentados nas manobras.

Sob o capô, o Prius carrega dois motores, um a combustão de 1.8 litros DOHC VVTi de 98 cv (14,5 kgfm a 4.000 rpm) movido a gasolina que trabalha em conjunto a um motor elétrico de 40 cv alimentado por uma bateria de íon de lítio, com 21,1 kgfm disponíveis a partir de 1 rpm. Os dois motores juntos entregam 134 cv de potência. Com tração é dianteira, o hatch oferece um câmbio automático continuamente variável, com opção de modo econômico.

A marca informou que o lançamento foi demorado devido à adaptação do motor do híbrido à gasolina brasileira, que se depender da aceitação do modelo no mercado brasileiro, o motor poderá ser flex. Ainda existe um motor de corrente trifásica de 650V. Seu consumo urbano foi de 17 Km/l na cidade e 21 km/l na estrada. Segundo a marca, o Prius acelera de 0 a 100 Km/h em 10,4 segundos e chega a velocidade máxima de 180 km/h. A suspensão firme deixa o Prius bem à vontade para enfrentar curvas mais fechadas ou mesmo acelerar sem preocupação nas retas, a estabilidade é um dos pontos fortes desse hatch.

O preço estimado para p Toyota Prius no Brasil é de R$ 100 mil, talvez até um pouco  mais, podendo chegar a R$ 110 mil. Valor esse que fica fora da realidade, pois com esse valor existem várias opções em nosso mercado e em vários segmentos diferentes. Mas quem quiser se destacar com um modelo exclusivo e ecológico, essa é uma boa opção. Mas talvez com alguns incentivos fiscais do governo, esse valor pode até cair.

CONTINUA NA PÁGINA 3

Página anterior 1 2 3Próxima página
Etiquetas

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Não é feioooo… mas não é bonitão! Mais se tivesse um preço compativel com carros do mesmo porte/categoria eu compraria sim! Mas pelo preço estimado sem chance, e se estivesse com essa grana esticaria um pouco mais e compraria então o Fusion que é mais carro e acho bonito também!

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo