AvaliaçõesPeugeotTestes

Avaliação – Peugeot RCZ 1.6 16V THP 2012

*FICHA TÉCNICA:

Motor: Gasolina, dianteiro, transversal, 1.598 cm³, alimentado por turbina de hélice dupla, quatro cilindros em linha, quatro válvulas por cilindro. Comando duplo de válvulas no cabeçote com sistema de variação de abertura na admissão e escape. Injeção direta de combustível e acelerador eletrônico.

Transmissão: Câmbio automático com modo manual sequencial de seis marchas à frente e uma a ré. Tração dianteira. Oferece controle de tração.

Potência máxima: 165 cv a 6 mil rpm.

Aceleração de 0 a 100 km/h: 8,4 segundos.

Velocidade máxima: 213 km/h.

Torque máximo: 24,5 kgfm a 1.400 rpm.

Diâmetro e curso: 77,0 mm x 85,8 mm. Taxa de compressão: 11,0:1.

Suspensão: Dianteira McPherson com rodas independentes, barra estabilizadora, molas helicoidais e amortecedores hidráulicos pressurizados. Traseira com rodas independentes, travessa deformável e amortecedores hidráulicos pressurizados. Oferece controle de estabilidade.

Pneus: 235/45 R18.

Freios: Discos ventilados na frente e sólidos atrás. Oferece ABS.

Carroceria: Cupê em monobloco com duas portas e quatro lugares. Com 4,28 metros de comprimento, 1,84 m de largura, 1,35 m de altura e 2,61 m de distância entre-eixos. Oferece airbags frontais e laterais.

Peso: 1.363 kg.

Capacidade do porta-malas: 321 litros.

Tanque de combustível: 55 litros.

Produção: Sochaux, França.

Lançamento: 2010.

Lançamento no Brasil: 2011.

Itens de série:  Airbags frontais e laterais, aerofólio móvel, controle de estabilidade, faróis de xenon, ABS com auxílio a frenagem de emergência e repartidor eletrônico de frenagem, sensor de luminosidade, ar-condicionado dual zone, bancos de couro com aquecimento, coluna de direção com regulagem de altura e profundidade, direção assistida, cruise control, trio elétrico, retrovisores eletricamente rebatíveis, rádio/CD/MP3/USB/AUX/Bluetooth e rodas de liga leve de 18 polegadas.

Preço: R$ 139.900.

*Dados do fabricante

Página anterior 1 2 3
Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. Design desse coupé não têm nada a se falar, é muito bonito e esportivo realmente, desde o prótótipo eu já vinha acompanhando a evolução deste belo carro, mas (sempre têm o mas) esse motor realmente deixou a desejar, nada a menos que 200cv pra esse tipo de carro deve ser pensado… deveriam ter colocado um 2.0 turbo que renderia algo em torno de 200cv, talvez até 210cv, aí sim seria uma opção muito interessante ao Audi TT. Outra coisa que você comentou e concordo é sobre a Peugeo não ter colocado borboletas atrás do volante para troca das marchas do Tiptronic… hj em dia têm carros até mais baratos que oferecem borboletas no câmbio… e realmente o volante me pareceu muito grande, esportivo têm de ter raio menor e de preferência com a parte de baixo mais reta…

    Considero um pseudo-esportivo, ficou no meio do caminho.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo