AvaliaçõesMINITestes

Avaliação – Mini Cooper One AT 1.6 2012

A posição de dirigir baixa dá a sensação de estar ao volante de um esportivo, está tudo no lugar certo, a ergonomia é muito boa, apesar de o modelo ter os comandos com estilo próprio e exclusivo. Como o carro é pequeno, fica tudo à mão. A sensação de dirigir o modelo é a mesma dos outros, conhecida entre os entusiastas da marca como “Go Kart Feelings”.

Outra mudança para baratear o custo do Mini One foi o motor 1.6 de 120 cv, que deu lugar ao 1.6 16V, 4 cilindros com 98 cv de potência. Para essa redução de potência foi feita uma reprogramação da central eletrônica deixando o modelo mais fraco. O propulsor se saiu muito bem no trânsito e nas retas mais longas, ficou devendo somente nas ladeiras mais íngremes, mas nada desanimador.

O propulsor tem força suficiente para empurrar os 1.070 kg do caro. Nas manobras a direção elétrica ajuda bastante, com menos esforço fica mais fácil estacionar. Em conjunto com o motor está o excelente cambio de seis marchas, com trocas suaves e no tempo certo, sem muitos trancos. Segundo a marca, o Mini One faz de 0 a 100 km/h em longos 10,5 segundos e alcança uma velocidade máxima de 185 km/h.

No quesito segurança, o Mini One oferece seis airbags: os dois do painel, os dois laterais dianteiros e os dois de cabeça. Mesmo com itens de série retirados, esse Mini traz ar-condicionado analógico, direção elétrica, rodas de liga leve  aro 15’, LEDs de iluminação da cabine com 11 cores diferentes , CD player com entrada AUX-IN, freios ABS, controle de estabilidade e faróis de neblina. O preço é bem convidativo e não fica fora do que pedem na concorrência, o Mini One com cambio manual sai a R$ 79.950 e com câmbio automático, custa R$ 86.950 já com o IPI reduzido.

Na concessionária também é possível personalizar seu Mini, com capas para os retrovisores, faixas na carroceria, e muitas opções de detalhes internos. Enfim, o Mini One agrada a todos querem um carro divertido e com acabamento de primeira, sem gastar tanto. O carro sai com garantia de fábrica de 2 anos. Além disso está disponível em 5 cores metálicas e 3 sólidas.

CONTINUA NA PÁGINA 3

Página anterior 1 2 3Próxima página
Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Esse Mini Cooper é “acessível” entre aspas, mas enfim, esse, assim como todos os outros carros retrôs, é show de bola, aliás esse é o Mini Cooper para macho, diferente daquele Mini Cooper série especial preto com acabamento de Rolls Royce e caríssimo do post passado, que não é feio, mas muito feminino, falo isso pois a carroceria preta dele em contraste com o interior bege, automaticamente já me remeteu a uma bolsa de mulher de grife.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo