Coluna “De carro por a√≠” por Roberto Nasser

Postado em: 19, maio 2017 por Roberto Nasser

Março, picape JAC T6 diesel

SNS, importadora da chinesa JAC Motors, anunciou em conven√ß√£o de revendedores importa√ß√£o de picapes T6 a partir de mar√ßo de 2018. Ter√° a configura√ß√£o de agrado ao mercado: cabine dupla, tra√ß√£o 4×2 ou 4×4, c√Ęmbio de seis velocidades √† frente, e motor diesel.

Caracter√≠sticas adicionais, com 1,83m de largura e 1,81m de altura √© mais espa√ßoso relativamente aos concorrentes; tem maior capacidade c√ļbica de carga ao n√≠vel das laterais da ca√ßamba; e maior espa√ßo aos cinco passageiros.

√Č atualizado ante Isuzu/GM, Ford, Nissan, Mitsubishi – e muitos chineses, e contra destes declara tal caracter√≠stica, assim como menor consumo de diesel.

Olhando o passado é incontestável evolução de seus modelos anteriores, cópias de Ford F 150, de GM Isuzu, e deste há notícias de ser inspirador do desenvolvimento e produção de motor próprio pela JAC. A configuração para o mercado brasileiro está em análise de factibilidade industrial, apesar de na origem o T6 ser anunciado como de resistência superior a testes de impacto, aptidão ao uso fora de estrada, e menor consumo.

Quanto a apar√™ncia e interior, atende √†s exig√™ncias do comprador nacional, em sua maioria utilizando-o bestamente como urbano sed√£ com porta malas grande ‚Äď e ocioso. Com dimens√Ķes maiores supera em porte concorrentes do segmento m√©dio; porta itens de seguran√ßa b√°sicos incluindo ABS de nona gera√ß√£o; constru√ß√£o da cabine declarada como dotada de grande capacidade de absor√ß√£o de impactos frontais e laterais ‚Äď 4 estrelas no √≠ndice CNcap; decora√ß√£o automobil√≠stica; painel com tela grande, gestora das fun√ß√Ķes e da infodivers√£o ‚Äď navegador, radio, tv, Bluetooth, conex√£o USB e Internet. Projeto foi desenvolvido pela JAC design, com base em Turim, It√°lia.

JAC quer ampliar leque de produtos, mesmo com importa√ß√Ķes limitadas ao teto de 4.800 unidades anuais para toda a marca.

√Ēnix e seus perigos

LatinNCAP, entidade plural dedicada a medir √≠ndices de seguran√ßa em ve√≠culos divulgou dado alarmante: o √Ēnix, l√≠der de vendas Chevrolet, levou nota Zero em teste de impacto lateral a passageiro no banco frontal. Na avalia√ß√£o ‚Äď choque contra barreira deform√°vel ‚Äď permitiu intrus√£o do ar√≠ete na cabine; atingiu o peito do boneco de testes. E ocorreu o ins√≥lito: a porta traseira do lado impactado abriu. Para crian√ßas o √≠ndice foi 3.

Proteste, associa√ß√£o de prote√ß√£o ao consumidor, foi ao extremo: apoiada por assinaturas populares quer requerer ao Governo Federal determine suspender produ√ß√£o at√© a GM introduzir melhorias para evitar consequ√™ncias t√£o danosas aos passageiros. E tornar os √Ēnix, desde o in√≠cio da produ√ß√£o, em 2012, objeto de re call para corre√ß√Ķes ‚Äď um processo mec√Ęnico muito dif√≠cil, pois a intrus√£o se deu por defici√™ncia estrutural para os testes atuais, e n√£o para os da √©poca do projeto.

GM distribuiu nota oficial calcando no √≥bvio: o √Ēnix segue as leis do pa√≠s. Adicionalmente incluiu a desnecess√°ria informa√ß√£o de seus investimentos locais, como se isto  evitasse danos em acidentes.

 E ?

Resposta infeliz, com enorme repercuss√£o negativa, tanto por conta do evento quanto consequ√™ncia prevista ante as continuadas dificuldades da GM em seu relacionamento com os formadores de opini√£o. Mas a fabricante, em seu comunicado abre oportunidade a corre√ß√£o.  Ao transmitir ao governo federal a responsabilidade da ocorr√™ncia de danos pessoais como resultado de legisla√ß√£o leniente, pode for√ßar um re-estudo para atualiza√ß√£o das regras legais sobre itens de seguran√ßa nos carros feitos no Brasil. As exig√™ncias brasileiras, leia-se sul americanas e pa√≠ses emergentes, s√£o inferiores √†s da comunidade europeia e EUA. Alega o Proteste, o √Ēnix n√£o seria aprovado por regulamento das Na√ß√Ķes Unidas, a UN95, nem pela norma federal norte-americana.

Outro resultado positivo pode advir de tal situa√ß√£o: reparar se nos pr√≥ximos meses suas vendas cair√£o. Se isto ocorrer ser√° demonstra√ß√£o de mudan√ßa comportamental dos consumidores, h√° pouco tempo ainda optando por estofamento de couro ou som incrementado em lugar do ent√£o opcional ABS e air bags. Nesta √©poca de Deputados querendo mostrar servi√ßo para remover a n√≥doa geral sobre a classe pol√≠tica, baixar legisla√ß√£o atualizadora em seguran√ßa pode ser uma das consequ√™ncias positivas.

Roda-a-Roda

Expans√£o ‚Äď PSA ‚Äď Peugeot Citro√ęn assinou acordo com a SC Uzavtosanoat, empresa do Uzbequist√£o para produzir comerciais leves. Coisa pouca, 16 mil unidades em 2019, para mercado dom√©stico e exporta√ß√Ķes. Neg√≥cio t√≠pico de implanta√ß√£o: PSA entra com planos, projetos, cess√Ķes e gest√£o. S√≥cio com capital, pa√≠s com incentivos e a regra de 50% de conte√ļdo local.

Amplo ‚Äď Argo, pr√≥ximo lan√ßamento Fiat, para cumprir objetivo de conquistar clientes em v√°rias faixas de pre√ßo, ter√° motores 1,0 3-cilindros ‚Äď transmiss√£o mec√Ęnica 5M; 1,3 4-cilindros ‚Äď transmiss√£o automatizada GSR 5M; e 1,8 litro EtorQ VIS com 139 cv e c√Ęmbio autom√°tico 6M.

Enfim ‚Äď Citro√ęn iniciar√° vender em junho seus modelos C3 e Aircross com √≥tima combina√ß√£o mec√Ęnica: motor 1,6 litro com transmiss√£o autom√°tica de 6 marchas. Al√©m de conforto, troca da antiga caixa autom√°tica com 4M pelo sistema mais novo, oferece mais dinamismo e menor consumo,

Aqui ‚Äď Leitor da Coluna sabia. Leu aqui h√° duas semana o in√≠cio das vendas de tal conjunto na Argentina e a √≥bvia comercializa√ß√£o no Brasil.

Olho … ‚Äď Johannes Roscheck, novo presidente da Audi, far√° p√©riplo pelo pa√≠s: conhecer a opera√ß√£o dos revendedores, de servi√ßos a atendimento e vendas.

… do dono – Quer entender baixa performance, em especial quanto aos modelos de maior pre√ßo em seu processo de melhorar o rendimento da marca,

P‚Äôra fora ‚Äď Vendas dom√©sticas em queda, fabricantes de ve√≠culos e auto pe√ßas buscam clientes de fora do pa√≠s. Volkswagen e Fiat focam ampliar na Am√©rica Latina, com diretorias espec√≠ficas. Zen, catarinense de impulsores de partida e polias de roda livre, exp√īs na Automechanika, em Dubai. Quer o mundo.

Motores ‚Äď VW Brasil acertou-se com similar mexicana ‚Äď e exportar√° 250.000 motores 1,4 TSI ‚Äď turbo inje√ß√£o direta -, at√© 2020. Em alguns produtos viagem ociosa: VW mandar√° o motor e importar√° o carro por ele tracionado.

P‚Äôra dentro ‚Äď Varejo de venda de ve√≠culos mostrou √≠ndice positivo: m√©dia di√°ria de vendas em 8.700 ve√≠culos superou abril de 2016 e mar√ßo de 2017. Contra varejo n√£o h√° argumentos. √ćndices poderiam indicar o fim da queda. Nas condi√ß√Ķes atuais qualquer aposta √© nula.

Solu√ß√£o ‚Äď Inspe√ß√£o Veicular, necessidade premente para depurar a frota usada a partir de itens inseguros, n√£o consegue ser implantada no Brasil, apesar de definida pelo Denatran, √≥rg√£o regrador. Seu funcionamento em muito melhoraria o tr√Ęnsito, reduziria acidentes e seus custos, diminuiria emiss√Ķes poluentes, fomentaria venda de ve√≠culos novos.

E ? – Pol√≠tica ou baixa pol√≠tica, fato √© n√£o consegue ser tornada obrigat√≥ria, pois talvez os n√ļmeros ofusquem o bom senso. Multiplique os incont√°veis milh√Ķes de clientes obrigat√≥rios pelo valor de inspe√ß√£o, e ter√° quantia provocadora.

Caminho ‚Äď Pode ser seja resolvida por outra via. Nas discuss√Ķes do Rota 2030, o programa industrial para a ind√ļstria automobilistica tocado pelo Minist√©rio do Desenvolvimento, Ind√ļstria, Com√©rcio Exterior e Servi√ßos, a inspe√ß√£o e sua fun√ß√£o de assepcia rodovi√°ria est√° presente como programa de governo.

De fora ‚Äď Simp√≥sio de Efici√™ncia Energ√©tica, Emiss√Ķes e Combust√≠veis, pela AEA, Associa√ß√£o Brasileira da Engenharia Automotiva, 7 de junho, colocou o Rota 2030 em pauta. Tema √© Inova√ß√£o, Sustentabilidade e Impactos na Sociedade, e especialistas nacionais e estrangeiros somar√£o conhecimentos e esperan√ßas quanto √† implanta√ß√£o da Inspe√ß√£o Veicular.

Semelhan√ßa ‚Äď Como s√£o assemelhadas as posturas do presidente Donald Trump, dos EUA, e do ex-Lula da Silva no Brasil. Tratam o pa√≠s como se fosse propriedade privada, atropelam as regras com postura pessoal, se dizem perseguidos, especialmente pela imprensa. L√° sedimenta caminho para um pedido de impeachment. Aqui, tudo indica, pris√£o.

Op√ß√£o ‚Äď Em cores para ve√≠culos, encerrada a ditadura do Preto e Prata, o mand√£o Branco j√° foi superado. Moda geral agora √© o cinza, em cabelos, decora√ß√£o de ambientes e carros. √Č a mais vendida entre os Ford europeus e deve ter destaque no novo EcoSport.

Origem ‚Äď Surgido na √ćndia como carro para pa√≠ses emergentes, e no Continente fabricado pela Toyota no Brasil, o Etios usa motores de 1,3 e 1,5 litro. √Č correto em pretens√Ķes ‚Äď e manso de comportamento.

Tempero – Inquietos irm√£os Alejandro e Marcos Galanti, pilotos de rallye, convenceram Toyota del Paraguay fazer o Etios mais r√°pido do mundo e competir na Categoria Rallye 5. A francesa AD Competition fez.

Futuro – Ajeitou a mec√Ęnica, aplicou motor 1,8 do cup√™ Celica, extremamente desenvolvido, gerando 315 cv. Atingiram o objetivo. Toyota n√£o o far√°, mas a aventura paraguaia exibe casamento fact√≠vel em ponto menor, Etios com motor Corolla. Seria o up! TSI da Toyota.

Constata√ß√£o ‚Äď Esportivos de ponta s√£o normalmente carros infelizes. Pouco usados, largados em garagens, √≥leos se degradam, pneus se deformam. Anos depois, vendidos como brinquedo envelhecido, no usual registram baix√≠ssima quilometragem, e motores com pouca sa√ļde.

Ins√≥lito ‚Äď Revista inglesa Autocar localizou exce√ß√£o, Lamborghini Murci√©lago, 2009, 420 mil km (!) de uso sofrido em locadora de esportivos. Sob motoristas buscando sensa√ß√Ķes, embreagem dura 30 mil km; pneus, um m√™s. Talvez o Lambo mais rodado no mundo, mec√Ęnica est√° surpreendentemente sadia.

Gente ‚Äď Giancarlo Annoni, 82, engenheiro, agora Cavaliere ‚Äď M√©rito do Trabalho -, na It√°lia. OOOO Foi o √ļltimo engenheiro da Alfa Romeo residente no Brasil, no desenvolvimento e produ√ß√£o do AR 2300. OOOO Fern√£o         Silveira, ex Dow Chemical, novo cep. OOOO Diretor de Rela√ß√Ķes Corporativas na Ford. OOOO Aposta ousada: implantar relacionamento com novos p√ļblicos, distantes do autom√≥vel. OOOO

Novo up! surpreende

Mais conectado, tecnol√≥gico e esportivo: com novo design, novo painel e sistema de som Composition Phone, permitindo conectar o ve√≠culo ao smartphone. Assim √© o VW novo up!, revolucion√°rio em seguran√ßa, efici√™ncia energ√©tica e design no Brasil.

Linha 2018 exibe a nova linguagem global de estilo da Volkswagen, jovial e esportiva, e traz tecnologias e equipamentos in√©ditos no segmento, apenas empregados em ve√≠culos de maior porte e pre√ßo. 

Far√≥is de neblina com luz de convers√£o est√°tica (cornering light), sensores de chuva e de luminosidade (crepuscular), suporte para celular, e o aplicativo exclusivo ‚Äúmaps + more‚ÄĚ desenvolvido pela Volkswagen  possibilita monitorar as principais fun√ß√Ķes do ve√≠culo por meio do Smartphone.

Marca a modelia 2018 painel totalmente novo: do instrumento combinado maior e o acabamento refinado ao volante multifuncional de estilo global e a iluminação de ambiente (recurso inédito na categoria). Na prática um interior mais refinado.

Mantendo a vanguarda t√©cnica oferece duas op√ß√Ķes de motoriza√ß√£o 1.0 de tr√™s cilindros: a MPI de at√© 82 cv (c√Ęmbio manual de cinco marchas ou transmiss√£o automatizada I-Motion) e a TSI  de at√© 105 cv (c√Ęmbio manual de cinco marchas).

Tag Cloud

Deixe um comentario

(*) Campos obrigatórios
ATENÇÃO: Todos os comentários postados nesse site, terão que ser aprovados pelo moderador e não irá aparecer automaticamente. Não serão permitidos comentários ofensivos contra a marca e os leitores, como palavrões. O texto tem que ser digitado em letras minúsculas respeitando as regras da nossa gramática. Comentários que não sejam sobre o assunto da matéria serão descartados. Ao postar um comentário, quer dizer que você concorda coma s regras acima. Obrigado.

© COPYRIGHT2017 CarPoint News - Todos os direitos reservados É proibida a reprodução de conteúdo deste site em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico, sem autorização por escrito