Coluna Fernando Calmon – 2019 REPLETO DE NOVIDADES

Postado em: 20, dezembro 2018 por Fernando Calmon

A transformação em lei do programa Rota 2030 e a regulamentação de alguns dos seus itens principais vão impactar as estratégias de lançamentos de produtos fabricados no Brasil ou na Argentina, já a partir do próximo ano. Um dos pontos sensíveis foi o enquadramento de modelos híbridos, com motor flex, em uma nova categoria fiscal. Eles não estavam contemplados com nenhuma diferenciação de imposto sobre os que utilizam apenas gasolina.

Antes, é preciso explicar o IPI nos carros atuais. Até 1 litro de cilindrada a alíquota de 7% aplica-se a qualquer combustível. Entre 1 e 2 litros, gasolina tem alíquota de 13% e motores flex (ou só a etanol), 11%. Acima de 2 litros, 25% e 20%, respectivamente. Agora, um híbrido flex se enquadra numa faixa de IPI de até 8%.

Deve-se destacar que um modelo com essa motoriza√ß√£o, se abastecido com etanol, apresenta emiss√£o de CO2 (g√°s de efeito estufa) quase igual √† de um carro el√©trico cuja bateria seja recarregada por energia de fonte f√≥ssil (termoel√©trica a carv√£o, g√°s ou diesel). Tudo dentro do conceito de ciclo fechado (do ‚Äúpo√ßo‚ÄĚ √† roda, no jarg√£o t√©cnico).

A mudança fiscal levou a Toyota a anunciar, imediatamente, que fabricará um automóvel com essa solução alternativa no Brasil, sem marcar data ou apontar um produto. Mas é fácil concluir que se trata da 12ª geração do Corolla, a ser lançada em agosto ou setembro próximo, e sua versão híbrida flex, em novembro ou dezembro. Como o preço deverá ser um pouco mais em conta que o atual híbrido Prius, este provavelmente deixará de ser comercializado aqui.

Outra japonesa, a Nissan, aproveitará para lançar o Kicks e-Power, elétrico de baixo custo por utilizar um motor/gerador para carregar uma pequena bateria de tração. O motor poderá usar etanol ou gasolina (flex) e alcançar entre 25 e 35 km/l, respectivamente. Talvez fique para 2020.

Em 2019 haver√° muitas novidades, embora n√£o seja poss√≠vel prever todos os meses exatos. Logo em janeiro surge o Caoa Chery Tiggo 7 (vers√£o de sete lugares do 5x), enquanto o Tiggo 8, tamb√©m de sete lugares, est√° previsto para dezembro.  JAC T80 (7 lugares) estreia em fevereiro.  Ainda no final do primeiro trimestre chega √†s concession√°rias o VW T-Cross, nova refer√™ncia entre SUVs compactos. A marca alem√£ tamb√©m ter√° Polo e Virtus GTS, al√©m do h√≠brido Golf GTE. Ser√° um ano muito forte para a GM. As principais atra√ß√Ķes s√£o a segunda gera√ß√£o de Onix e Prisma (hatch e sed√£ mais vendidos no Pa√≠s) e a estreia de novos motores de tr√™s cilindros. Previs√£o: meados do segundo semestre.

Para a Hyundai, 2019 ser√° importante com a segunda gera√ß√£o dos HB20/HB20S (hatch e sed√£), ainda no primeiro semestre, cuja diretriz de estilo √© o conceito Saga, exibido no recente Sal√£o do Autom√≥vel de S√£o Paulo. Renault ter√° reestiliza√ß√£o de meia-gera√ß√£o do Sandero e do Logan, no segundo trimestre. Peugeot 2008 e Suzuki Jimny (este apresentado no sal√£o paulista) tamb√©m receber√£o atualiza√ß√Ķes mais profundas, no primeiro trimestre.

O mercado de picapes tamb√©m ter√° novidades. Al√©m da Mercedes-Benz Classe X no segundo semestre, Ranger Storm foi confirmada para novembro. Inc√≥gnita continua sendo a Renault Alaskan, irm√£ g√™mea da Nissan Frontier, em raz√£o do imbr√≥glio Carlos Ghosn que abala a alian√ßa franco-nip√īnica.

ALTA RODA

TIGGO 5X √© aposta forte da CAOA Chery nos SUVs. Com 2,63 m de dist√Ęncia entre eixos, garante espa√ßo interno superior aos atuais rivais. Conjunto mec√Ęnico de primeira linha: motor turboflex de 1,5 L/150 cv (etanol) e c√Ęmbio automatizado de duas embreagens (seis marchas) proporciona trocas bem r√°pidas. Freio de imobiliza√ß√£o el√©trico autom√°tico √© muito √ļtil no para-e-anda do tr√Ęnsito.

DESTACAM-SE ainda no Tiggo 5x banco do motorista el√©trico, monitoramento de press√£o e temperatura dos pneus, multim√≠dia de 9 pol. e rodas de 18 pol. de di√Ęmetro. Suspens√£o poderia ser um pouco mais firme, mas o mercado tem preferido esse tipo de acerto. Porta-malas de 340 litros √© um ponto fraco. Pre√ßos bastante competitivos: R$ 86.990 a 96.990.

EVOLU√á√ÉO de meia gera√ß√£o do Honda HR-V destaca-se pelo acerto da suspens√£o. Um pouco mais macia, sem comprometer comportamento em curvas, absorve melhor as irregularidades do piso. Novos bancos aumentaram o conforto e ‚Äúabra√ßam‚ÄĚ melhor o corpo. C√Ęmbio CVT evoluiu discretamente, mas s√≥ na posi√ß√£o ‚ÄúS‚ÄĚ da alavanca desempenho ganha vida.

OBSERVAT√ďRIO Nacional de Seguran√ßa Vi√°ria (ONSV) analisou n√ļmeros de mortos no tr√Ęnsito de 2011 a 2016. Houve redu√ß√£o de 15%, mas o Brasil n√£o deve alcan√ßar a meta proposta pela ONU at√© 2020. Neste ritmo, a previs√£o √© de que o Brasil registre 33 mil √≥bitos/ano ao fim do prazo. Para cumprir o acertado, a mortalidade deveria cair de 62.000/ano para 31.000/ano.

ESTUDO em parceria J.D. Power Brasil/iCarros apontou quais as redes sociais mais utilizadas nas pesquisas de compra. Os consultados podiam citar mais de uma e, assim, a soma passa de 100%. Com 53% Facebook liderou, seguido por YouTube (40%), WhatsApp (31%) e Instagram (17%). A √ļltima, no entanto, mostrou-se a mais eficiente na decis√£o de escolha de um modelo.

Contatos do autor: fernando@nullcalmon.jor.br e www.facebook.com/fernando.calmon2

Tag Cloud

Deixe um comentario

(*) Campos obrigatórios
ATENÇÃO: Todos os comentários postados nesse site, terão que ser aprovados pelo moderador e não irá aparecer automaticamente. Não serão permitidos comentários ofensivos contra a marca e os leitores, como palavrões. O texto tem que ser digitado em letras minúsculas respeitando as regras da nossa gramática. Comentários que não sejam sobre o assunto da matéria serão descartados. Ao postar um comentário, quer dizer que você concorda coma s regras acima. Obrigado.

© COPYRIGHT2019 CarPoint News - Todos os direitos reservados É proibida a reprodução de conteúdo deste site em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico, sem autorização por escrito