Coluna Fernando Calmon РReservar Forças

Postado em: 11, outubro 2018 por Fernando Calmon

O apelo este ano foi menor, mas o Sal√£o do Autom√≥vel de Paris manteve-se atraente ao p√ļblico, mesmo com a aus√™ncia recorde de 16 marcas. A ind√ļstria mundial enfrenta pesados investimentos em quatro n√≠veis de alta tecnologia ‚Äď eletrifica√ß√£o, conectividade, dire√ß√£o aut√īnoma e compartilhamento ‚Äď e sem descuidar dos atuais ve√≠culos. Por isso tem havido seletividade nos disp√™ndios. √Č uma forma de reservar for√ßas para as novidades compat√≠veis √†s datas das grandes feiras mundiais. A exposi√ß√£o francesa completou 120 anos em 2018 (assim como a Renault) e se encerra no pr√≥ximo dia 14.

Marcas alem√£s dominaram em termos de lan√ßamentos. Uma das grandes atra√ß√Ķes foi a s√©tima gera√ß√£o do sed√£ BMW S√©rie 3, que cresceu em dimens√Ķes (at√© na cl√°ssica grade de duas entradas) e teve o novo interior muito elogiado. Outra atra√ß√£o foi a quarta gera√ß√£o do X5 a ser produzida nos Estados Unidos e na China. Os dois novos produtos e o renovado roadster Z4 chegam ao Brasil ao longo de 2019. 

A arquirrival Mercedes-Benz contra-atacou com o GLE, um SUV de tamanho intermedi√°rio e rodas de nada menos que 22 polegadas de di√Ęmetro. Classe A, na vers√£o sed√£, tem boa chance de ser produzido em Iracem√°polis (SP). A Mercedes-Benz tamb√©m apresentou o novo monovolume Classe B. Estes dois √ļltimos estreiam uma caixa automatizada de duas embreagens e oito marchas (antes eram sete). 

A Audi, al√©m da segunda gera√ß√£o do hatch A1, apresentou seu primeiro SUV el√©trico, o e-Tron, concorrente direto do tamb√©m estreante EQC400, da Mercedes-Benz, ambos com dois motores ‚Äď um em cada eixo ‚Äď para tra√ß√£o 4×4. 

A Renault manteve sua ofensiva el√©trica com o subcompacto K-ZE, ainda numa vers√£o conceitual baseada no Kwid, a ser produzido na China para se tornar mais acess√≠vel. Tamb√©m apresentou o EZ-Ultimo, um carro-conceito futurista aut√īnomo, el√©trico e otimizado para compartilhamento. A Peugeot deu o troco com o conceitual e-Legend, inspirado no estilo do ic√īnico cup√™ 504, de 1969, mas com motor el√©trico de 462 cv. Citro√ęn C5 Aircross estreou e pode ser importado j√° no pr√≥ximo ano. Tem o mesmo porte do Peugeot 3008. 

Entre os carros esporte, Ferrari voltou a roubar a cena gra√ßas aos espetaculares Monza SP1 e SP2. Ambos s√£o roadsters, mas o primeiro deles tem o lugar do acompanhante coberto. O motor √© um V-12, de 6,5 litros e 810 cv, o mais potente que j√° produziu para um autom√≥vel de rua. Porsche tamb√©m chamou a aten√ß√£o pelo convers√≠vel conceitual 911 Speedster, mas com linhas definitivas. Estar√° √† venda no pr√≥ximo ano. Ser√£o apenas 1.948 unidades, em refer√™ncia ao ano de funda√ß√£o da marca. 

Em meio √† √™nfase relacionada aos ve√≠culos el√©tricos, voltaram as d√ļvidas sobre quantos est√£o mesmo interessados em compr√°-los. Na Europa, representam cerca de 2% das vendas e sem sinais de que a demanda v√° crescer de forma significativa. Poucos acreditam que em 2030 pa√≠ses como a Fran√ßa v√£o mesmo limitar a comercializa√ß√£o de carros novos apenas a el√©tricos puros. H√≠bridos, sim, ter√£o mercado crescente. 

Curiosamente, a petrol√≠fera inglesa BP anunciou no sal√£o que pesquisa carregadores ultrarr√°pidos: em cinco minutos, 80% da carga. Mas n√£o comentou sobre menor vida √ļtil da bateria submetida a ciclos repetitivos desse tipo.

ALTA RODA

ANFAVEA reviu crescimento do mercado interno este ano para 13,7% (previs√£o da Coluna no come√ßo do ano, 14,1%). N√ļmero de financiamento aumentou, pois a taxa de inadimpl√™ncia atingiu 3,5%, porcentual mais baixo da s√©rie hist√≥rica. Estoques subiram para 40 dias, pouco acima do normal. Apenas a exporta√ß√£o enfrenta dificuldades: deve cair 9% este ano. 

EXPECTATIVAS para o Sal√£o do Autom√≥vel de S√£o Paulo (8 a 18 de novembro) continuam muito boas. O Volkswagen T-Cross, primeiro SUV da marca com produ√ß√£o local, ter√° apresenta√ß√£o pr√©via pelo Facebook no pr√≥ximo dia 25. Suas linhas ser√£o reveladas na Alemanha, Brasil e China. Interior poder√° se manter ‚Äúescondido‚ÄĚ, mesmo no sal√£o. No mercado, s√≥ no segundo trimestre de 2019. 

MERCEDES-BENZ Classe C 2019, produzido em Iracem√°polis (SP), recebeu retoques no para-choque dianteiro e lanternas traseiras. H√° novas rodas e far√≥is em LED. Motor 1,5 turbo recebeu um alternoarranque que gera 14 cv extras (sistema de 48 V) e permite at√© 10% de economia de combust√≠vel quando combinado com desligar e religar o motor em declives suaves. 

GUIAR o h√≠brido Lexus CT200h deixa transparecer solidez e sil√™ncio. Acabamento interno √© muito bom, embora pudesse arrojar mais no painel e quadro de instrumentos. Como o hatch manteve altura de rodagem original, raspa com certa facilidade nos famigerados quebra-molas e valetas. Espa√ßo interno e visibilidade s√£o pontos altos. Porta-malas tem razo√°veis 375 litros. 

ZF COMPLETA 60 anos de sua f√°brica no Brasil, primeira fora da Alemanha. Hoje tem sete unidades no Pa√≠s e uma na Argentina. Empresa adquiriu a TRW h√° tr√™s anos e pretende produzir aqui equipamentos de ponta como c√Ęmeras e radares de bordo. Fabrica freio de estacionamento el√©trico para o eixo dianteiro, ainda n√£o aplicado em modelos nacionais. 

PERFIL

Contatos do autor: www.twitter.com/fernandocalmo fernando@nullcalmon.jor.br e www.facebook.com/fernando.calmon2

Tag Cloud

Deixe um comentario

(*) Campos obrigatórios
ATENÇÃO: Todos os comentários postados nesse site, terão que ser aprovados pelo moderador e não irá aparecer automaticamente. Não serão permitidos comentários ofensivos contra a marca e os leitores, como palavrões. O texto tem que ser digitado em letras minúsculas respeitando as regras da nossa gramática. Comentários que não sejam sobre o assunto da matéria serão descartados. Ao postar um comentário, quer dizer que você concorda coma s regras acima. Obrigado.

© COPYRIGHT2018 CarPoint News - Todos os direitos reservados É proibida a reprodução de conteúdo deste site em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico, sem autorização por escrito