Coluna “De carro por a√≠” por Roberto Nasser

Postado em: 14, setembro 2018 por Roberto Nasser

Araxá, a grande festa do automóvel antigo

Brazil Classics Renault Show, realizado em Araxá, MG, no recente feriado de 7 de setembro manteve o adequado rótulo de mais elegante dos encontros de veículos antigos no País. Foi grande o esforço para viabilizá-lo e exigiu capacidade de improvisar, resolver, reinventar-se. Superou dificuldades, obstáculos, e foi evento marcante, referencial.

Quest√£o √©, neste pa√≠s sem projeto, uma greve de caminhoneiros, de origem e comando desconhecidos, sem pai, m√£e ou respons√°veis, parou o Brasil, p√īs a administra√ß√£o em letargia e trouxe preju√≠zos sem indeniza√ß√£o. Um deles, fez abortar a realiza√ß√£o do Encontro, antes marcado, com estrutura instalada, bancas de com√©rcio montadas, ve√≠culos em tr√Ęnsito. Em meio aos problemas gerados pelo adiar, muitas composi√ß√Ķes com fornecedores, com o hotel sede, o √™xito do evento ficou amea√ßado, mas a administra√ß√£o tocada pelo Instituto Veteran Car, de Belo Horizonte, superou as dificuldades e apresentar solu√ß√Ķes.

Como foi

Patrocinadora, a Renault foi compreensiva ‚Äď manteve e aumentou o aporte para compensar o incremento de custos com a desmontagem da estrutura sem uso e a montagem de outra, tr√™s meses ap√≥s. Colecionadores com a cabe√ßa no lugar entenderam a raz√£o institucional, mantendo inscri√ß√Ķes e presen√ßa.

Na pr√°tica, quase 300 ve√≠culos dispostos, nele avultando n√ļcleo de destacada qualidade e raridade, e o deslumbramento da reuni√£o de 38 Ferraris, incluindo dois modelos de s√©ries especiais, os F 40 e F 50. N√ļcleo de colecionadores se amplia. Neste ano o Museu de Carmo do Parana√≠ba, MG, do colecionador mineiro R√ļbio Fernal, a cole√ß√£o privada do empres√°rio paulista Jos√© Luiz Gandini, e o novo foco da cole√ß√£o de Leo Steinbruch, antes dedicada exclusivamente a nacionais. Fernal exibiu raro e aqui desconhecido Fiat com projeto de estiistas da Zagato, insolitamente constru√≠do pela Riva, famosa f√°brica de lanchas durante estreito per√≠odo ao in√≠cio dos anos ‚Äô50. Gandini, dedicado aos Cadillacs dos anos ‚Äô50, amplia o leque a ve√≠culos mais erados, como o imponente Packard 1931 em carroceria Roadster, convers√≠vel. Levou o transit√≥rio Pr√™mio Roberto Lee como Best of the Show. Steinbruch exp√īs Ford T de 1909 ‚Äď apresentado erroneamente como 1908 -, e Mercedes-Benz 300 SL, o Asa de Gaivota,

Item e abertura de caminho importante, o Alfa Br, grupo internético de aficionados de Alfa Romeo, montou barraca, instou presença da marca, criou premiação específica. Um caminho para outros clubes de marca, criar sub eventos sob o guarda chuva da festa principal.

Outro ponto de relevo foi manter a tradi√ß√£o de promover leil√£o. Neste ano demandas superaram o teto de 70 ofertas estabelecido pela empresa de leil√Ķes, ampliadas a 83. Vendas foram 29, arrecadando R$ 3,5M. Estrela do evento, Alfa spyder 2.000, do ex-ator Otelo Zeloni.

Homenagem, o evento criou troféu transitório, o Og Pozolli, para distinguir o melhor automóvel dentre os não restaurados. No caso, indicado foi Cadillac 1927, modelo 314, Coupé, de Aparecido Guadain.

Oportuno pelo rel√™vo do evento, mas n√£o √© pioneirismo. O Carro do Brasil, encontro criado em Bras√≠lia para festejar os produtos nacionais, criou tal l√°urea em 2001. Chamou-o P√°tina do Tempo, e o distribui aos eventos que buscam aux√≠lio e orienta√ß√£o ao Museu Nacional do Autom√≥vel, O ins√≥lito e sua divulga√ß√£o instigaram o Pebble Beach Concours d‚Äô√Člegance, em Monterey, California, tido como o mais refinado da especialidade, a copiar a l√°urea e, a partir da√≠, a Federa√ß√£o Internacional de Carros de Cole√ß√£o, a FIVA, a instituir o pr√™mio. Registro hist√≥rico se faz presente para manter n√£o apenas a verdade, o pioneirismo brasileiro e a import√Ęncia do conceito expresso pelo Museu Nacional do Autom√≥vel, seu criador: historicamente mais vale a p√°tina do tempo sobre a constru√ß√£o original que os brilhos e reflexos p√≥s-restaura√ß√£o, d√©cadas distante dos m√©todos e partes empregados √† √©poca. O Museu o distribui nos eventos que buscam seu aux√≠lio e orienta√ß√£o.

Patrocínio da Renault, comemorando 120 anos do início de sua história e 20 anos de atividade industrial no Brasil, incluiu exposição de unidades, protótipos, réplica da Voiturette, a primeira unidade construída pela família. Também, palestra por Alain Tissier, ex vice presidente da empresa e oráculo para as coisas do e no Brasil.

—————————————————————————————————-

Og ad aeternum

S√£o raras as cole√ß√Ķes de ve√≠culos antigos a permanecer unas, unificadas, concentradas, ap√≥s a partida de seu criador. Atividade solit√°ria, exige dedica√ß√£o, interesse e tamb√©m, como diz o Curador do Museu Nacional do Autom√≥vel, 3 Ts ‚Äď Tempo, Tes√£o e Tal√£o. Sem tal envolvimento e meios, cole√ß√Ķes n√£o subsistem, s√£o vendidas aos blocos ou em unidades, se desfazem. Desde novembro do ano passado, quando passou Og Pozolli, um dos implantadores do antigomobilismo no Brasil, a espada da d√ļvida voltou a ser lembrada, e o receio da dissemina√ß√£o, sempre manifestada por √™le, escaldado pelas vazias promessas municipais e estaduais de aquisi√ß√£o. Quem do ramo foi ao Brazil Classics encontrou al√©ia de honra com cinco estelares unidades da cole√ß√£o Og, capitaneada por exemplar de Moon, um touring dos anos ‚Äô20, acreditado como do ent√£o Presidente Washington Luiz e √ļnico no mundo. Conversinhas, teses, teoria dizia da aquisi√ß√£o pelo poderoso Bradesco, num projeto de expor que, al√©m da atividade selvagemente argent√°ria ‚Äď milion√°ria, rica, capitaneada pelos ganhos de dinheiro – faria efeito demonstra√ß√£o de dedica√ß√£o cultural.

Verdade surgiu na noite de s√°bado, durante a premia√ß√£o: a cole√ß√£o fora adquirida pela Funda√ß√£o Lia Maria Aguiar, mantida por filha do criador do banco, mas sem liga√ß√Ķes operacionais com o estabelecimento. Projeto √ļtil, dedica-se √† forma√ß√£o art√≠stica de jovens, e a ampliar√° com a constru√ß√£o de um museu e a forma√ß√£o de cursos para ensinar dados e segredos dos reparos e manuten√ß√£o de autom√≥veis antigos, um exerc√≠cio de talento a cada dia mais empobrecido com o desaparecimento dos profissionais antigos. O Museu ser√° constru√≠do em Campos do Jord√£o, SP, com a promessa de opera√ß√£o em dois anos.

A coleção do Og estará unida e preservada.

Roda-a-Roda

Honda ‚Äď Marca apresentou seu modelo Fit modelia 2019, marcando-o simploriamente com nova cor, a Vermelho V√™nus met√°lico, e maior conectividade.

$? ‚Äď DX Mt ‚Äď simples e transmiss√£o manual, R$ 60.500; Lx Convert a R$ 60.500; Personal, com c√Ęmbio CVT, inscreveu-se para atingir p√ļblico com 68.700; e vers√£o luxuosa R$ 72.800.

Pesquisa – FCA nos Eua aplicou US$ 30M no campo de provas recebido √† Chrysler em Chelsea, perto de Detroit, USA. Quer adapt√°-lo a testes de dire√ß√£o aut√īnoma; sistemas avan√ßados de assist√™ncia ao motorista. Aqui empresa continuar√° usando ruas e estradas como pista de testes.

Mais ‚Äď Japonesa Sumitomo impulsiona sua marca Dunlop no Brasil. Aplica R$ 640M para aumentar capacidade industrial de pneus de passeio e carga. F√°brica n√£o est√° em Campinas, endere√ßo da Dunlop original, mas beiradas de Curitiba, Pr.

Quem √© ‚Äď Petronas, empresa malaia, mais conhecida como co patrocinadora da equipe Mercedes-Benz na F√≥rmula 1, est√° no Brasil. Mais precisamente em Contagem, munic√≠pio industrial lindeiro a Belo Horizonte. Ocupa as instala√ß√Ķes da antiga Tutela, a f√°brica de √≥leos e lubrificantes da Fiat e da estatal Agip.

Melhor ‚Äď Investiu R$ 20M no atualizar laborat√≥rios em Centro de Excel√™ncia em Pesquisa e Tecnologia na Am√©rica Latina. Deve manter o pioneirismo: primeira a fazer √≥leos lubrificantes semi sint√©ticos no pa√≠s ‚Äď e respons√°vel pela quebra da nunca entendida barreira limitando os lubrificantes nacionais √† classifica√ß√£o SD.

Quest√£o ‚Äď Crescimento de produ√ß√£o e vendas da ind√ļstria automobil√≠stica se dissociam da no√ß√£o de estagna√ß√£o da economia. N√ļmeros a ser fechados ao final do ano devem indicar otimismo. At√© agora mercado cresceu 15%. Seria melhor sem a greve dos caminhoneiros, vitrine de nossa fragilidade e da inabilidade da c√ļpula do poder em gerir o problema.

… II ‚Äď Os n√ļmeros n√£o dever√£o mentir. Somente em 2023 produ√ß√£o e vendas repetir√£o os cravados em 2013. Na pr√°tica a atrapalhada gest√£o (sic) da presidenta que se dizia formada em economia, atrasou o pa√≠s por 10 anos.

E querem levá-la ao Senado…

Situa√ß√£o ‚Äď Boletim automobil√≠stico AutoData perguntou aos seis candidatos melhor colocados na disputa para a Presid√™ncia da Rep√ļblica, quais os planos de cada um para a ind√ļstria automobil√≠stica. Ao ver do atento leitor/eleitor, qual o percentual de respostas? O%, acredite. Ningu√©m se manifestou.

O que ‚Äď Desinteresse, desconhecimento? Vicente Alessi, filho, editor, tem vis√£o pragm√°tica: o fim das doa√ß√Ķes para campanhas, as regras de compliance, o receio de multas ou pris√£o reduziram a capacidade de entendimento.

Programa ‚Äď Gostas de ve√≠culos? Tecnologia? Programa a ser considerado: dia 18, √†s 9h30, Audi transmitir√° o evento The Charge, cuja estrela maior ser√° o modelo e-tron, seu primeiro totalmente el√©trico.

Onde ‚Äď Meios diversos: Audi MediaTVwww.audiamedia.tv  (Em alem√£o e ingl√™s, incluindo link para compartilhar a transmiss√£o em outros sites); Via Smart TV: usando o aplicativo Audi MediaTV; Via sat√©lite: (Chin√™s e ingl√™s)

Via m√≠dias sociais: na p√°gina do Facebook de Audi AG e no canal do Youtube Audi MediaTV; Via websitewww.e-tron.audi

Luxo  – Ve√≠culo mais luxuoso da Toyota n√£o √© sua fam√≠lia automobil√≠stica Lexus, mas os iates com esta marca. Projetados em conjunto com a divis√£o mar√≠tima da casa, seu produto de topo, o Lexus LY 650 √© iate de luxo com 65 p√©s ‚Äď uns 20 metros. Dois motores Lexus de corrida, a gasolina, e 885 cv de pot√™ncia final.

Neg√≥cio ‚Äď Toyota est√° em barcos h√° 20 anos utilizando o nome Ponan, por isto, o que parece uma aventura merece cr√©dito, neste per√≠odo em que fabricantes de autom√≥veis se aventuram em outros modais.

Variedade ‚Äď Aston Martin e Bugatti tem colaborado com outros produtores de lan√ßas e barcos; Honda fabrica jato; Mercedes-Benz tem acordo com a Cigarette Racing promovendo os modelos AMG.

Cada Qual ‚Äď Toyota n√£o far√° os novos LY 650, contratando o estaleiro Marquis-Larson Boat Group. Primeira unidade daqui a um ano.

Al mare ‚Äď Estaleiro catarinense Triton Yachts levar√° ao S√£o Paulo Boat Show ‚Äď SP, 27,set/02.out -, duas novas embarca√ß√Ķes. Uma, a 460 Fly, 46 p√©s, 14 m de comprimento, exp√Ķe as √ļltimas tend√™ncias europeias; tr√™s su√≠tes, com a m√°ster ocupando toda a parte central. Motoriza√ß√£o sugerida, dois motores diesel, entre 330 e 400 cv cada. Quanto? Circa R$ 1,7M.

Mais ‚Äď H√° novidade tipo esportiva, a 350 HT, com espa√ßo para 12 pessoas durante o dia e 04 para pernoite. Menor, outra proposta, outro pre√ßo: R$ 510 mil. Motoriza√ß√£o diesel, 2x 250 a 350 cv.

De volta ‚Äď Gol retomar√° ligar Bras√≠lia a Buenos Aires por v√īo direto. Seis por semana, equipamento atualizado, Boeings 787 800 Next Generation. Fomenta Bras√≠lia como hub de distribui√ß√£o ao trazer argentinos para tomar voo da companhia com destino a Miami.

Por√©m ‚Äď Pousar√° no aeroporto de Ezeiza, outro munic√≠pio, distante, taxi caro, e outra situa√ß√£o ‚Äď os motoristas de taxi em Buenos Aires hostilizam os de aplicativos. E o voo de volta decola √†s 4h40. Na pr√°tica, um longo jantar, quase uma hora at√© Ezeiza e as regulares 2 horas antes do voo.

Gente ‚Äď Cl√°udio Rawics, comunic√≥logo, ex Fiat, mudan√ßa. OOOO Deixou a √°rea de propaganda da Renault e foi-se √† Audi. OOOO Nova diretoria na empresa, administrando publicidade, marketing e comunica√ß√£o. OOOO Gustavo Perini, 33, engenheiro na DAF – f√°brica de caminh√Ķes ‚Äď aplauso. OOOO Ganhou o Pr√™mio Jovem Engenheiro da SAE, gr√™mio de engenheiros automobil√≠sticos. OOOO L√°urea reconhece seus estudos estruturais nos caminh√Ķes para reduzir tempo de testes de rodagem. OOOO

Tag Cloud

Deixe um comentario

(*) Campos obrigatórios
ATENÇÃO: Todos os comentários postados nesse site, terão que ser aprovados pelo moderador e não irá aparecer automaticamente. Não serão permitidos comentários ofensivos contra a marca e os leitores, como palavrões. O texto tem que ser digitado em letras minúsculas respeitando as regras da nossa gramática. Comentários que não sejam sobre o assunto da matéria serão descartados. Ao postar um comentário, quer dizer que você concorda coma s regras acima. Obrigado.

© COPYRIGHT2018 CarPoint News - Todos os direitos reservados É proibida a reprodução de conteúdo deste site em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico, sem autorização por escrito