Ford Escort comemora 35 anos no Brasil

Postado em: 7, agosto 2018 por Redacao

O Ford Escort, carro que foi objeto de desejo dos jovens nos anos 80, completou 35 anos de lan√ßamento no Brasil. Al√©m da carroceria inovadora de ‚Äúdois volumes e meio‚ÄĚ, com frente em cunha, far√≥is retangulares, janelas amplas e traseira curta, ele se destacava pela agilidade e economia. E ficou famoso principalmente pela vers√£o esportiva XR3, que oferecia a op√ß√£o convers√≠vel.

Lan√ßado no Brasil em 1983, o Escort foi o primeiro carro mundial da Ford e marcou o surgimento dessa tend√™ncia, que buscava o compartilhamento de projetos e componentes para reduzir custos. Durante os 20 anos em que foi produzido, ele trouxe seguidas inova√ß√Ķes para o mercado.

Quando chegou ao Brasil, o Escort j√° estava na terceira gera√ß√£o na Europa, onde fez grande sucesso. Equipado com motor transversal, tra√ß√£o dianteira e suspens√£o independente nas quatro rodas, calibrada para mercado brasileiro, tinha tamanho compacto (3,97 m) e o menor coeficiente aerodin√Ęmico do pa√≠s (0,385 Cx).

Numa √©poca em que ainda n√£o havia motores flex, o Escort oferecia vers√Ķes a √°lcool ou a gasolina dos modelos 1.3 e 1.6. O desempenho econ√īmico, a dire√ß√£o leve e agrad√°vel, a ampla visibilidade, o baixo n√≠vel de ru√≠do e o acabamento interno eram outros pontos elogiados do carro. A embreagem com ajuste autom√°tico de folga e a garantia de tr√™s anos contra corros√£o eram outras novidades.

O Escort foi o primeiro carro brasileiro a oferecer simultaneamente a op√ß√£o de duas ou quatro portas e tinha tr√™s vers√Ķes de acabamento: b√°sica, L e GL. A vers√£o Ghia, de luxo, chegou depois com vidros e travas el√©tricos, vidros com efeito dourado, limpador de p√°ra-brisa ajust√°vel e indicadores de desgaste do freio, n√≠vel de combust√≠vel, √≥leo e l√≠quido de arrefecimento. Os bancos de veludo e o rel√≥gio azul no teto eram itens adicionais de requinte.

A vers√£o esportiva XR3 (de Experimental Research 3) surgiu no mesmo ano e se tornou o √≠cone da linha, com quatro far√≥is auxiliares, aerof√≥lio traseiro, teto solar, rodas de 14 polegadas no estilo ‚Äútrevo de quatro folhas‚ÄĚ e pneus de perfil baixo ‚Äď outra novidade em carros nacionais. O motor 1.6 com calibra√ß√£o especial oferecia 10 cv a mais de pot√™ncia. A vers√£o Escort XR3 Convers√≠vel chegou em 1985 e tornou-se o sonho de consumo da √©poca.

Em 1986 o Escort foi reestilizado, com mudan√ßas no cap√ī, grade, far√≥is, piscas e para-choques envolventes e passou a ser equipado somente com motor 1.6 e duas portas. Com a forma√ß√£o da Autolatina, em 1989 as vers√Ķes XR3 e Ghia receberam o motor AP 1.8 e a fam√≠lia foi ampliada com um sed√£ de duas portas, o Verona.

Em 1991 a linha ganhou um sed√£ de quatro portas, chamado Guaruj√°, produzido na Argentina, e a s√©rie especial F√≥rmula, com amortecedor eletr√īnico e bancos Recaro.

Em 1993, o Escort chegou √† segunda gera√ß√£o, com uma carroceria maior totalmente nova e interior modernizado. O XR3 recebeu motor 2.0 com inje√ß√£o eletr√īnica e a carroceria antiga continuou a ser produzida na vers√£o Hobby para o segmento de carros populares, com motor 1.6, depois trocado pelo 1.0.

Em 1996, com a cria√ß√£o do Mercosul, o Escort passou a ser produzido na Argentina com nova frente, motor 1.8 Zetec e o fim das vers√Ķes XR3, Ghia e Hobby. No chamado modelo 1996 e meio, o hatch voltou a ter quatro portas e o nome Verona foi trocado por Escort Sedan. Foram introduzidos tamb√©m a perua Escort Station Wagon e o esportivo hatch RS, com duas portas. Em 2000 o Escort ganhou a op√ß√£o do motor Zetec Rocam 1.6 nacional, at√© o encerramento da produ√ß√£o em 2003.

Atualmente, a Ford usa o nome Escort em um sedã médio produzido na China, que não guarda nenhum parentesco com o antigo modelo mas também faz muito sucesso.

Fonte: Imprensa Ford

Tag Cloud

Deixe um comentario

(*) Campos obrigatórios
ATENÇÃO: Todos os comentários postados nesse site, terão que ser aprovados pelo moderador e não irá aparecer automaticamente. Não serão permitidos comentários ofensivos contra a marca e os leitores, como palavrões. O texto tem que ser digitado em letras minúsculas respeitando as regras da nossa gramática. Comentários que não sejam sobre o assunto da matéria serão descartados. Ao postar um comentário, quer dizer que você concorda coma s regras acima. Obrigado.

© COPYRIGHT2018 CarPoint News - Todos os direitos reservados É proibida a reprodução de conteúdo deste site em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico, sem autorização por escrito