Renault investe R$ 750 milh√Ķes para nova f√°brica

Postado em: 2, agosto 2017 por Redacao

A Renault do Brasil anunciou investimentos de R$ 750 milh√Ķes no Complexo Ayrton Senna, no Paran√°, voltados para a constru√ß√£o de uma nova f√°brica: a Curitiba Inje√ß√£o de Alum√≠nio (CIA), e para a amplia√ß√£o da Curitiba Motores (CMO). O an√ļncio foi feito hoje (01), em Curitiba, durante cerim√īnia com o governador do Estado do Paran√°, Beto Richa; Olivier Murguet, presidente da Renault Am√©rica Latina; e Luiz Pedrucci, presidente da Renault do Brasil.

‚ÄúNossos investimentos refor√ßam a import√Ęncia estrat√©gica do Brasil para o Grupo Renault e para o crescimento das nossas vendas na Am√©rica Latina‚ÄĚ, diz Olivier Murguet.

 ‚ÄúA Renault do Brasil mais uma vez mostra sua confian√ßa no Brasil, mantendo seu plano de investimentos e de lan√ßamento de produtos, mesmo em um cen√°rio de instabilidade econ√īmica. A inaugura√ß√£o da CIA e a amplia√ß√£o da CMO ir√£o aumentar a nossa competitividade e o √≠ndice de produ√ß√£o local‚ÄĚ, afirma Pedrucci.

A Curitiba Inje√ß√£o de Alum√≠nio √© resultado do trabalho de cerca de duas mil pessoas, envolvendo equipes da Alian√ßa Renault-Nissan de 11 pa√≠ses, para a implanta√ß√£o das melhores pr√°ticas e tecnologias de inje√ß√£o na nova unidade industrial. O resultado √© uma f√°brica equipada com m√°quinas de alta tecnologia e modernos processos de produ√ß√£o, em uma √°rea constru√≠da de 14,5 mil metros quadrados ‚Äď equivalente a 20 campos de futebol.

A partir de janeiro de 2018, o local vai iniciar a produção em série, a partir de uma linha de injeção a alta pressão, para o bloco, e outra de injeção a baixa pressão para produzir o cabeçote do motor 1.6 SCe (Smart Control Efficiency), lançado no final de 2016.

A sustentabilidade foi um dos pilares do projeto. Para a constru√ß√£o da CIA, foram utilizadas estruturas pr√©-moldadas, que reduziram a gera√ß√£o de res√≠duos e otimizaram a velocidade da constru√ß√£o. Para a economia de energia el√©trica, a unidade conta com telhas transl√ļcidas, que aproveitam a luz natural, e ilumina√ß√£o 100% LED, mais eficientes. Al√©m disso, o pr√©-aquecimento das barras de alum√≠nio ser√° feito com o reaproveitamento do calor do processo, contribuindo para a utiliza√ß√£o racional de g√°s.

Fonte: Sala de Imprensa | Renault do Brasil

Tag Cloud

Deixe um comentario

(*) Campos obrigatórios
ATENÇÃO: Todos os comentários postados nesse site, terão que ser aprovados pelo moderador e não irá aparecer automaticamente. Não serão permitidos comentários ofensivos contra a marca e os leitores, como palavrões. O texto tem que ser digitado em letras minúsculas respeitando as regras da nossa gramática. Comentários que não sejam sobre o assunto da matéria serão descartados. Ao postar um comentário, quer dizer que você concorda coma s regras acima. Obrigado.

© COPYRIGHT2019 CarPoint News - Todos os direitos reservados É proibida a reprodução de conteúdo deste site em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico, sem autorização por escrito